Formação necessária para ser um assistente social

Escrito por susan sivek | Traduzido por daniel ranieri negri
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Formação necessária para ser um assistente social
Descubra qual a formação necessária para trabalhar na área (Photo by Flickr user Hryck. http://www.flickr.com/photos/hryckowian/2360287394/)

A assistência social vai muito além de sentar e conversar com os clientes; há muitos aspectos desafiadores envolvidos na profissão. No entanto, os futuros assistentes podem se preparar para enfrentar esses desafios através de um curso de graduação ou pós-graduação em trabalho social, seja mestrado, doutorado ou um diploma de bacharel. A ampla gama de cursos disponíveis associada a estágios e o estudo de uma segunda língua aumenta as chances dos alunos conseguirem bons empregos na área.

Outras pessoas estão lendo

História

No passado, os assistentes muitas vezes tinham pouca educação específica para a área. Era comum vincular o ofício a percepções religiosas ou a uma formação pastoral em vez do ensino superior formal ou diplomas em trabalho social. No entanto, ao longo do tempo, o trabalho social tem encontrado um lugar nas faculdades e universidades, que já possuem departamentos e professores dedicados ao ensino e à pesquisa do assunto. Isso fez com que o trabalho de campo social ficasse mais laico e criou um conhecimento mais profundo das normas profissionais do assistente; assim, a formação tornou-se uma exigência para as vagas relacionadas.

Tipos

A maioria dos trabalhos exigem no mínimo um diploma de bacharel em serviço social. Empregadores, especialmente em organizações menores, sentem-se satisfeitos com um bacharelado em sociologia, psicologia ou áreas afins. Cada vez mais, no entanto, os empregadores procuram candidatos com mestrado em trabalho social. O mestrado é necessário para trabalhar em organizações de saúde, clínicas e outras agências. Para ensinar em uma faculdade ou universidade ou trabalhar como um pesquisador, um doutorado em serviço social pode ser necessário -- seja um doutorado ou um Ph.D.

Período de tempo

Um diploma de bacharel em serviço social pode ser obtido em quatro ou cinco anos, dependendo do programa. Os alunos devem considerar a realização de estágios de verão e oportunidades semelhantes para construir a experiência no campo de trabalho, especialmente aqueles que não pretendem fazer pós-graduação. Um mestrado em serviço social normalmente leva dois anos para ser concluído em tempo integral; estudantes de meio período podem precisar de quatro anos ou mais.

Considerações

Os candidatos a programas de mestrado não precisam necessariamente ter um diploma de bacharel em serviço social. Outros diplomas são aceitáveis. Todos os futuros assistentes devem tentar aprender uma segunda língua e a escolha deve considerar as línguas faladas na área onde pretende trabalhar. Fluência em uma segunda língua aumenta a probabilidade de conseguir um emprego após a conclusão de qualquer curso relacionado.

Importância

Os assistentes sociais podem se beneficiar de um formação especializada através de cursos de graduação, pois as demandas de sua área são intensas e complexas. Esses profissionais são frequentemente envolvidos não só no aconselhamento e na ajuda dos clientes, mas também em questões de política pública e administração desafiadoras. A variedade de cursos envolvidos na maioria dos programas acadêmicos de assistência social ajudarão os alunos a se tornarem preparados para os problemas do dia-a-dia que enfrentarão na prática.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível