História do ferro de passar

Escrito por elise moore | Traduzido por cezar rosa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
História do ferro de passar
O ferro de passar é muito antigo (iron image by FFprod66 from Fotolia.com)

As primeiras culturas reconheceram a necessidade do alisamento de roupas muito antes da invenção do ferro de passar à mão. Essa tarefa permaneceu árdua até o advento da eletricidade.

Outras pessoas estão lendo

Alisamento antigo

Os chineses foram os primeiros a usar o ferro quente para pressionar o pano das roupas. Eles utilizavam panelas de cabo longo cheias de brasas e as pressionavam sobre o tecido esticado. Na Europa, a forja de ferros para alisamento começou no final da Idade Média.

Primeiros ferros

Os ferros antigos eram feitos de pedra, barro ou terracota. Os ferros de metal eram aquecidos por uma lareira ou fogão e almofadas ou panos grossos eram usados ​​para segurar as alças de metal.

Considerações

Os ferros tinham que ser lixados e polidos para mantê-los limpos. Quem os utilizava tinha de ter cuidado para que eles não queimassem o tecido.

Desenvolvimento

Os ferros à carvão ou em formato de caixa mantinham ​​brasas, placas de metal ou tijolos. Esses materiais eram colocados na base do ferro para mantê-lo quente por mais tempo.

Ferros com aquecimento próprio

Os ferros a gás estavam disponíveis em 1860. Em 1882, Henry W. Seely de Nova York patenteou o ferro elétrico. Os primeiros ferros elétricos criavam o calor com um arco de carbono e, em seguida, a partir da resistência elétrica. Ferros elétricos a vapor apareceram no início dos anos 1950. O controle do termostato de calor, lançado em meados de 1930, eliminou o risco de queimadura.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível