A história do terno risca de giz

Escrito por sara gates | Traduzido por renata carvalho
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A história do terno risca de giz
Ternos risca de giz têm uma extensa história na moda americana e inglesa (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

O terno risca de giz tem estado na moda ocasionalmente desde o início do século 20. Eles foram usados originalmente pelos dândis ingleses e se tornaram icônicos através de homens como o ator Cary Grant e o primeiro ministro do Reino Unido, Winston Churchill. Usar risca de giz se tornou mais comum ao redor do mundo ao passo que os homens passaram a ter interesse em projetar uma imagem sofisticada através dos ternos que usavam.

Outras pessoas estão lendo

Origem

O único aspecto da origem do terno risca de giz em que os historiadores concordam é que suas raízes são inglesas. Além disso, há duas histórias diferentes sobre a sua criação - uma dentro dos bancos e outra nos esportes. Alguns sustentam que o primeiro terno risca de giz foi usado como uniforme em bancos, tendo suas listras ligeiramente alteradas para identificar diferentes cargos ou bancos. Outros dizem que a risca de giz passou a fazer parte da indumentária formal masculina à partir do mundo dos esportes, especificamente dos uniformes de canoagem do século 19.

Da década de 20 a década de 40

Os ternos risca de giz se tornaram populares nos Estados Unidos entre as décadas de 20 e 30. Eles eram os uniformes não-oficiais nos bares durante o período da Proibição, com gangsters e músicos de jazz, como Al Capone e Dizzy Gilespie, transformando-os na escolha daqueles que gostavam de se vestir bem. Famosos astros do cinema, como Cary Grant e Clark Gable, fizeram o terno risca de giz a se tornar popular quando acabou a Proibição. Existem rumores de que os ternos risca de giz que Gable usou em "E o Vento Levou..." inspiraram os ternos com calças largas e cinturas altas e paletós com grandes ombreiras, conhecidos como "zoot."

O mais famoso terno risca de giz

Talvez, a pessoa mais famosa a usar ternos risca de giz tenha sido o lendário Primeiro Ministro Britânico Winston Churchill. Ele os usava por uma questão de hábito e conforto ao longo de sua carreira. Um terno famoso foi o "siren", desenhado pelo próprio Churchill, uma peça única usada em suas longas noites durante os ataques da Segunda Guerra Mundial. Essa peça foi imortalizada em icônicos retratos e, em 2002, foi arrematada por aproximadamente R$ 100 mil em um leilão.

O risca de giz hoje

O risca de giz se tornou uma parte integral da moda ocidental. Hoje em dia, não mais é incomum ou icônico. Similar aos outros cortes e estilos de ternos, a risca de giz é apenas mais uma das diversas opções para o homem moderno. Além disso, passou a ser um item fundamental do guardar-roupa feminino, usado em ternos, vestidos e calças. O apelo do risca de giz perdurou ao longo de diversas tendências e décadas e esse terno continua a ser uma escolha popular para as pessoas no mundo ocidental.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível