História do trabalho voluntário

Escrito por contributing writer | Traduzido por jose airton almeida neto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
História do trabalho voluntário
Voluntariar-se é ajudar o outro, com espontâneidade e de graça (stevekrh19, www.sxc.hu)

Atualmente existem 83,9 milhões de adultos voluntários nos Estados Unidos, de acordo com o Independent Sector (órgão relacionado ao trabalho independente). O valor contribuído por eles é de 239 bilhões de dólares. Embora a palavra "voluntarismo" e centros e sites para localizar oportunidades de voluntarismo sejam relativamente novas, o princípio básico, que é ajudar aos outros espontaneamente e de graça, vem de longa data.

Outras pessoas estão lendo

Como começou o trabalho voluntário

No início e antes do século 21, existiam poucas organizações de caridade oficiais para ajudar os necessitados. Devido ao fato dos ricos não serem obrigados a retribuir aos pobres, os Tudors começaram a cobrar uma taxa aos proprietários de terras, usando-a para ajudar os pobres. Os fazendeiros também ajudavam uns aos outros na construção de grandes celeiros.

Voluntários do século XIX

No início do século 21, a América conheceu O Grande Despertar, um renascimento religioso. Devido à esta era, as pessoas tornaram-se mais conscientes a respeito dos oprimidos. Essa foi uma das causas do movimento contra a escravidão. Foram principalmente os jovens que começaram a ajudar os necessitados em suas próprias comunidades. Durante a guerra civil, as mulheres se voluntariavam para costurar os soldados.

Voluntários do início do século 20

Nas primeiras décadas do século 20, havia várias organizações de voluntários, incluindo o Rotary Club, a Kiwanis, o Lions Club e o predecessor do United Way. A grande depressão presenciou um dos primeiros esforços nacionais em larga escala de voluntariado para uma necessidade específica. Em 1940, 28 cidades possuíam agências de voluntários. Durante a Segunda Guerra Mundial, milhares de serviços de voluntários supervisionaram aqueles que ajudaram os militares e a frente interna, arrecadando suprimentos, entretendo os soldados de licença e cuidando dos feridos.

Voluntários pós-guerra

Após a Segunda Guerra Mundial, o desejo dos voluntários em ajudar os outros mudou de foco, passando a ajudar os pobres voluntariando-se em outros países. O primeiro exemplo importante foi o Peace Corps, em 1960. Quando o Presidente Lyndon B. Johson declarou uma "Guerra contra a pobreza" em 1964, novas organizações de voluntários se formaram para ajudar os pobres. Poucas décadas depois, as oportunidades de voluntariado continuaram a crescer e o processo para encontrar voluntários tornou-se mais organizado, com mais centros se formando e novos modos de recrutamento surgindo na internet.

O voluntariado hoje

Hoje em dia, os voluntários atuam em várias organizações, como as religiosas, de saúde, assistência social, artes, esportes, política e educacional. O Centro de Estatísticas do Trabalho dos Estados Unidos lista quase um dúzia de diferentes atividades que voluntários participam, incluindo arrecadar fundos, distribuir alimentos, ensino e treinamento. Para encontrar oportunidades, visite o site: http://www.voluntarios.com.br/.>

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível