Ideias para progressão de acordes

Escrito por steven j. miller | Traduzido por mariana mendonça
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Ideias para progressão de acordes
Existem vários métodos disponíveis para fazer acordes mais interessantes (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Progressões de acordes proporcionam harmonia para uma composição musical, mas existem muitas maneiras de criar progressões originais e interessantes que não requerem o uso de blocos de acordes. A criatividade com progressões é o sinal de que um compositor é fluente em seu ofício. Não se contente com as progressões comuns, cotidianas e que simplesmente apoiam as melodias, em vez disso, crie algo novo e se aventure no campo da composição criativa. Os melhores compositores não criam simplesmente progressões de acordes, criam linhas musicais independentes.

Outras pessoas estão lendo

Quebrando acordes

Em vez de se contentar com acordes que simplesmente ficam parados e criam harmonia, divida-os e crie linhas melódicas fascinantes e robustas. Tente dividir os acordes em semicolcheias e criar arpejos com a música. Outra opção é inserir notas entre os tons de acordes para criar progressões que realmente se movem.

Tons não harmônicos

A maioria das pessoas está familiarizada com tons de acordes construídos sobre terças, mas muitos compositores têm medo de apresentar tons de acordes que não se encaixam com a tradicional tríade maior ou menor. Tente adicionar sétimas, nonas e décimas terceiras às suas progressões de acordes básicos e veja se você gosta do que ouve. Uma boa regra de ouro é usar arranjos adequados para transição, usando principalmente degraus e evitando saltos ou pausas para resolver esses acordes. Ao fazer isso, você vai impedir a música de soar aleatória e desorganizada.

Progressões em quarta

Se você está cansado de criar acordes baseados em tríades, tente passar para um sistema quartal. Aaron Copland era famoso por suas harmonias quartais que evocam um espaçoso e aberto cenário harmônico. Construa a sua linha de baixo, como faria normalmente e, em seguida, basta criar intervalos de quartas a partir da linha do baixo. Tente experimentar diferentes arranjos dos intervalos para obter o som certo. Você pode até condensar as quartas em áreas menores para criar grupos que irão fornecer à sua música um som ousado e diferenciado.

Contraponto

Contraponto é um ótimo assunto para se estudar, a fim de entender como progressões de acordes podem ser formadas. Estudar o contraponto dos séculos XVI e XVIII irá ajudá-lo a desenvolver sua técnica e a aprender a mecânica de progressões de acordes. Ao aprender da primeira até a quinta espécie de contraponto, um mundo de opções começará a se abrir para você.

Contrapontos de primeira espécie em três partes vão lhe ensinar como criar acordes que funcionam como um todo coeso. É possível aprender a criar progressões que realmente trabalham com a melodia e a melhoram ao invés de simplesmente serem um suporte para ela. Ao aprender contraponto, você pode criar uma música que se mescla de forma sinérgica com a melodia.

O contraponto é um assunto muito complexo para abordar em um único artigo, mas existem cursos on-line, faculdades comunitárias e universidades onde você pode estudar o assunto. A seção de Recursos inclui um site que pode ensiná-lo sobre contrapontos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível