A importância das técnicas de separação na química

Escrito por michael judge | Traduzido por luiz neves
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A importância das técnicas de separação na química
A destilação é um método de separação usado há milhares de anos (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Os processos que envolvem a separação de misturar produtos químicos são vitalmente importantes em muitas áreas da química, e existem tantos usos para a separação quanto métodos para alcançá-la. Em alguns casos, os químicos separam um composto desconhecido de uma amostra, como um poluente, para identificá-lo. Em outros, um processo pode separar os componentes de uma mistura para obter certas propriedades, como na destilação de vinhos para a fabricação do conhaque.

Outras pessoas estão lendo

Separação para análises químicas

Uma importante forma de separação na química é a cromatografia. Esta é o processo de separação de compostos em uma mistura e a determinação da identidade e quantidade de cada um. A amostra que será analisada é movida sobre uma superfície sólida, e, dependendo da afinidade de cada elemento com essa superfície, seus componentes químicos levam diferentes quantidades de tempo para atravessar o sólido, sendo assim separadas. As formas mais comuns deste método são a cromatografia líquida e a gasosa, um componente essencial para qualquer laboratório de análises químicas.

Separação para purificação de líquidos

A separação de líquidos é também vital para vários campos da química. Um bom exemplo é o do processamento do petróleo, onde várias frações de óleo bruto devem ser separados para produzir gasolina e ouros produtos. O método primário de separação de líquidos é a destilação. Para destilar uma mistura de líquidos, um químico esquenta a mistura até que o mais volátil dos componentes se vaporize. Esse vapor então viaja por um tubo resfriado, onde se condensa de volta até um líquido puro.

Separação para purificação de sólidos

As separações também são úteis na purificação de substâncias sólidas. As reações químicas raramente produzem produtos completamente puros, de modo que os químicos normalmente precisam purificar várias substâncias depois que elas são sintetizadas. Isso acontece tanto em pequena escala, numa pesquisa em laboratório, quanto em larga escala, por exemplo, durante a fabricação de produtos farmacêuticos. Um método de separação comum para separar sólidos é a recristalização. Nesse processo, os produtos de uma reação são dissolvidos em solvente quente, e os contaminantes insolúveis são filtrados. O produto puro é então recristalizado da solução, por resfriamento.

Separação para preparação química

Em alguns casos, os químicos querem extrair um composto de um material natural, como uma planta. O composto pode ser útil, nesse caso ele é retirado e usado, ou pode ser nocivo, e então é removido por essa razão. Esse processo é comumente realizado usando uma forma de separação conhecida por extração de solvente. O material é ensopado em um solvente que dissolve os produtos químicos e os remove. Um exemplo disso é a remoção da cafeína dos grãos de café para fazer café descafeinado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível