Infecção das tubas uterinas

Escrito por mary anne ott | Traduzido por a. araújo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Infecções das tubas uterinas são causadas pelo supercrescimento de bactérias. Essa infecção pode começar em outro local e se espalhar para as tubas uterinas. As infecções podem ser tratadas, mas podem surgir algumas complicações sérias.

Outras pessoas estão lendo

Causas

Infecções das tubas uterinas ocorrem quando bactérias de outras partes do corpo se espalham para as tubas. Se você tiver uma infecção vaginal, cervical, do trato urinário ou na bexiga, as bactérias podem passar para as tubas uterinas. Elas também podem ser causadas por uma DST não tratada; a gonorreia e a clamídia são duas das DSTs mais comuns na origem dessas infecções. A doença inflamatória pélvica é uma infecção comum e séria do útero, tubas uterinas e outros órgãos reprodutores e necessita de cuidados imediatos.

Sinais e sintomas

Se você tem DIP ou uma DST, é possível que não apresente nenhum sintoma. Caso os tenha, eles podem ser muito brandos e você pode não ficar alarmado. Sintomas possíveis de uma infecção das tubas uterinas incluem dor no baixo ventre, febre, corrimento vaginal com odor desagradável e dor ao urinar.

Identificação

Uma infecção das tubas uterinas pode ser difícil de diagnosticar. Os sintomas brandos podem ser causados por várias doenças diferentes. Seus médicos realizarão vários testes para eliminar outras causas possíveis; os testes incluem exame físico, cultura bacteriana e exame de sangue. Um ultrassom também pode ser realizado para eliminar a possibilidade de uma gravidez ectópica ou um cisto rompido.

Considerações

Caso não seja tratada, a infecção das tubas uterinas pode causar danos permanentes. Ela pode criar tecido cicatricial na tuba que bloqueará a passagem do óvulo, causando infertilidade, pois o óvulo poderá não alcançar o esperma. Outras complicações incluem gravidez ectópica e dores crônicas.

Tratamento

O tratamento é feito com antibióticos; uma hospitalização pode ser necessária em casos de infecções mais sérias. Tome toda a medicação indicada, mesmo que comece a se sentir melhor; isso garantirá que todas as bactérias sejam eliminadas.

Prevenção

Você corre o risco de ter uma infecção das tubas uterinas caso seja uma mulher sexualmente ativa. Proteja-se contra DSTs. Caso perceba algo anormal, procure um médico; mesmo sintomas brandos devem ser discutidos com o médico. Faça exames anuais e o papanicolau.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível