Saúde

O que uma inflamação pode indicar em um teste de Papanicolau

Escrito por christie leman | Traduzido por sophia coe
O que uma inflamação pode indicar em um teste de Papanicolau

Inflamações uterinas são muito comuns e podem se curar naturalmente

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Ninguém quer ouvir que os resultados do teste de Papanicolau (teste preventivo) voltaram anormais, mas isso raramente indica a presença de câncer de colo uterino. Para muitas mulheres, inflamações das células do útero são o motivo desses diagnósticos irregulares e geralmente não são razão para preocupação. No entanto, a inflamação é um termo muito amplo e muito vago, o que deixa muitas mulheres se perguntando: "O que a inflamação indica em um teste de Papanicolau?"

Outras pessoas estão lendo

Características

Mesmo antes de saber o que uma inflamação indica nesse tipo de teste, as mulheres devem ficar se perguntando o que é exatamente uma inflamação no colo uterino. Ela é simplesmente um inchaço dos tecidos uterinos e que pode variar entre leve e grave. Dependendo da severidade da inflamação, as mulheres podem não perceber a situação até que recebam os resultados do teste indicando o problema. Os sintomas da inflamação uterina incluem sangramento vaginal anormal, corrimento vaginal descolorido ou com mau cheiro, dor durante a relação sexual, dor vaginal e pressão pélvica. Muitos desses tipos de inflamação irão naturalmente desaparecer enquanto outras podem precisar de atenção médica.

Causas

A causa mais comum de inflamação uterina é a infecção, entretanto, geralmente são necessários testes adicionais para determinar que tipo de infecção está causando os resultados anormais. Quando uma infecção simples é a causa, o que a inflamação indica em um teste de Papanicolau é geralmente um problema muito menor, podendo nem precisar de tratamento. A inflamação cervical pode também ser o resultado da inserção de tampões uterinos, um pessário uterino, diafragma, alergia a espermicidas anticoncepcionais, látex nos preservativos ou a exposição química. As doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), mais particularmente, clamídia , gonorreia, herpes genital, HPV e tricomoníase, também podem causar inflamação do colo do útero. DSTs suspeitas devem sempre receber atenção redobrada do médico, a fim de receber tratamento imediato. Bactérias, ou o crescimento excessivo de bactérias normais, no colo do útero pode também causar cervicite.

Tratamento

Depois de descobrir o que representa a inflamação no teste do Papanicolau, a pergunta seguinte da maioria das mulheres é: "O que fazer agora?". Para muitos casos de inflamação uterina, a resposta é nada. Se não há sintomas desse problema e nenhuma suspeita de DST, a maioria dos médicos simplesmente pedem para que a paciente faça um novo teste de quatro a seis meses depois, para ver se o problema cessou naturalmente. Se ainda houve inflamação, testes adicionais devem ser feitos para determinar a causa. Para casos graves de inflamação uterina ou para instâncias nas quais o problema persista, os médicos devem sugerir opções de tratamento, incluindo antibióticos ou antifúngicos, terapia hormonal, criocirurgia, eletro-cauterização ou terapia a laser.

Considerações

As mulheres que sabem que têm inflamação uterina não devem tomar conclusões precipitadas sobre a sua saúde e o que o problema pode indicar, pois a cervicite é extremamente comum e, muitas vezes, desaparece por si própria ou é facilmente tratada. Cerca de metade de todas as mulheres irão experienciar inflamação uterina em algum momento de suas vidas.

Prevenção \ Solução

Enquanto algumas formas de inflamação uterina não são evitáveis, há algumas precauções que podem ser tomadas para prevenir esse problema, que são: Evitar ter relações sexuais em idade muito baixa, limitar o número de parceiros sexuais, evitar produtos químicos presentes em itens como tampões perfumados e em duchas, evitar espermicidas, e a colocação adequada de todos os itens inseridos na vagina.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media