Informações: inflamação nos pulmões

Escrito por ayisatu j. taylor | Traduzido por samantha g. silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

O pulmão é uma das partes mais fortes do corpo, porém, extremamente vulnerável. Assim como os outros órgãos, os pulmões estão sujeitos a doenças e infecções. Para proteger esse órgão essencial devemos nos policiar. Abaixo, um guia rápido sobre inflamação no pulmão, uma doença comum que, se não tratada, pode ser fatal.

Função

A inflamação é um mecanismo biológico de defesa, uma reação a corpos estranhos, células danificadas e germes. Sua presença indica que o corpo está tentando expulsar agentes invasores. Embora as pessoas pensem o contrário, pesquisas demonstram que, sem a inflamação, infecções e lesões não seriam curadas, resultando em morte. No entanto, inflamações crônicas podem causar doenças sérias, como artrite reumatóide e rinite alérgica.

Tipos

Chamada "pleurisia" pelos profissionais da saúde, essa condição comum é mais conhecida como inflamação dos pulmões. Genericamente, existem dois tipos de inflamação: aguda ou crônica. Os sintomas da pleurisia aguda incluem inchaço, vermelhidão, dor (leve ou intensa), calor excessivo em determinada área e, algumas vezes, perda da função. A crônica, geralmente, apresenta as mesmas características, no entanto, os sintomas demoram a aparecer e permanecem por longos períodos, causando a destruição do tecido. Se não tratada ou persistente, a inflamação aguda pode evoluir para a crônica.

Prevenção/Solução

Como a inflamação dos pulmões pode ser provocada por inúmeras enfermidades e desordens, é quase impossível tratá-la exclusivamente. Os médicos, geralmente, tentam descobrir a causa subjacente para tratar a doença ou condição responsável pelo problema. Embora a maioria dos germes transmitidos pelo ar não possam ser evitados; não fumar, evitar fumaças tóxicas e vestir roupas apropriadas para prevenir pneumonia e gripes são ações recomendadas para a proteção dos pulmões. Existem diversos tratamentos para essa condição. Dependendo da severidade da inflamação, os médicos podem recomendar descanso e aspirina, mas, normalmente, prescrevem anti-inflamatórios e analgésicos.

Equívocos

A inflamação é, com frequência, confundida com infecção. Na verdade, a inflamação do pulmão é um sintoma de um vírus ou bactéria presente nesse órgão. Embora as inflamações sejam, muitas vezes, provocadas por uma infecção, elas são a reação de proteção do corpo e representam a expulsão da infecção. No entanto, se a inflamação aguda é persistente e torna-se crônica, pode danificar os pulmões. Nesses casos, a inflamação não está mais protegendo o corpo, mas facilitando a proliferação de vírus e bactérias nos pulmões. As doenças e condições causadas por bactérias podem provocar danos severos ao órgão, sendo fatal.

Considerações

Muitas doenças pleurais que geram inflamação são extremamente difíceis de serem diagnosticadas. Devido à gama de condições e enfermidades que causam e são causadas por inflamações, o diagnóstico de doenças pleurais específicas é, muitas vezes, tardio. Por exemplo, em um exame inicial, graves condições pleurais como enfisema e pneumonia podem ser confundidas com doenças facilmente tratáveis, como a asma ou bronquite. A demora no diagnóstico da inflamação crônica nos pulmões é potencialmente fatal. Se você está sentindo dores no peito ou dificuldade para respirar, consulte um profissional imediatamente.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível