Como interpretar sinais positivos em um exame de titulação ANA

Escrito por lynda lampert | Traduzido por mara marcos
Como interpretar sinais positivos em um exame de titulação ANA
A titulação ANA pode indicar se uma pessoa tem lúpus (Thinkstock Images/Comstock/Getty Images)

Os médicos podem pedir uma titulação de anticorpo antinuclear (ANA) para verificar se o paciente tem alguma doença autoimune. Estas são doenças em que o sistema imunológico do corpo começa a atacar as células saudáveis ​​do hospedeiro. A doença autoimune mais comum que um teste de titulação ANA pode verificar é a lúpus eritematoso sistêmico (LES). Essa doença é caracterizada por artrite, erupção cutânea e diminuição do número de plaquetas no sangue. A titulação ANA pode indicar outras doenças, dependendo de como os anticorpos aparecem no microscópio.

Instruções

  1. 1

    Verifique o valor da titulação. Valores como 1:320 indicam que existem muitos anticorpos presentes e, então, o teste é positivo. Se o número for baixo, então o teste é negativo. Ou seja, é menos provável que uma doença autoimune esteja presente.

  2. 2

    Verifique se o número padrão associado à titulação é homogêneo (difuso). Esse padrão pode indicar um diagnóstico de lúpus eritematoso sistêmico ou a doença mista do tecido conjuntivo.

  3. 3

    Caso o exame apresente manchas pontilhadas, o exame pode indicar LES, síndrome de Sjogren, esclerodermia, polimiosite, artrite reumatoide e doença mista do tecido conjuntivo.

  4. 4

    Se o exame apresentar nucleações, pode indicar esclerodermia e polimiosite.

  5. 5

    Verifique se o exame aparenta ser do tipo centrômero (periférico). Isso pode indicar esclerodermia (calcinose), síndrome de Raynaud, dismotilidade esofágica, esclerodactilia ou telangiectasia.