Jogos na escola para crianças entre 5 e 12 anos

Escrito por renee miller | Traduzido por beatriz palma
Jogos na escola para crianças entre 5 e 12 anos
Os "dias livres" possibilitam que os alunos e professores relaxem e celebrem o final do ano letivo (Ableimages/Photodisc/Getty Images)

É comum as escolas proporcionarem aos alunos um "dia livre", com jogos e atividades interativas, celebrando o aniversário da escola ou outra data importante. Muitas escolas criam jogos e eventos realizados em times ou individualmente. Para crianças entre 5 e 12 anos, as atividades devem variar de corridas a jogos de habilidade e estratégia.

Jogos de revezamento

Os jogos de revezamento proporcionam o desenvolvimento do espírito de equipe em crianças de 5 a 12 anos. Os jogos com cones possibilitam que as crianças sejam divididas em grupos aleatórios. Alinhe os times de forma que cada um esteja de frente para um cone de trânsito. Dada a largada, a primeira criança de cada time corre ou pula até seu cone e coloca uma bola sobre ele. Em seguida, ela volta ao ponto de partida e toca a segunda pessoa da fila. Esta, então, corre até o cone, remove a bola e a traz para o próximo jogador. A brincadeira deve continuar por um tempo definido. Cada time ganha um ponto toda vez que a bola é colocada no cone. Desafie os estudantes dando-lhes outras atividades para serem feitas enquanto correm, como manter um balão no ar.

Jogos de golfe

Crie jogos para crianças baseando-se na estrutura básica do golfe tradicional. O golfe de disco, por exemplo, divide as crianças em times de quatro pessoas cada, sendo que cada jogador ganha um disco. Defina alvos na área da brincadeira, como árvores, cones ou baldes. A partir de um ponto inicial definido, deixe que cada aluno jogue o disco em direção ao alvo. O objetivo é ser o primeiro a acertá-lo. Depois da primeira rodada de lançamentos, a pessoa cujo disco chegou mais longe joga primeiro, seguida pelo aluno com a segunda maior distância e assim em diante, até que alguém acerte o alvo. Marque os pontos como no golfe, contando cada jogada como um "strike".

Jogos com bambolês

Os bambolês possibilitam várias atividades com crianças. Alinhe os times de forma que estejam de frente para uma área livre. Dada a largada, o primeiro jogador de cada time pega um bambolê e o empurra fazendo-o rolar, para que chegue o mais longe possível. Quando o brinquedo cair, a próxima pessoa pega o bambolê e o roda novamente. A brincadeira continua até que um time consiga fazer o bambolê ultrapassar uma linha de chegada. Outra opção é colocar os bambolês no chão, a cerca de quatro a sete metros de distância um do outro (a distância deve variar dependendo da idade das crianças). Divida os alunos em times e coloque cada grupo atrás de um bambolê. Cada jogador lança um saquinho cheio de feijões em direção ao bambolê do outro grupo. Caso o saquinho caia dentro do bambolê, o grupo ganha dois pontos. Se ele tocar no bambolê, mas não cair dentro dele, o grupo ganha um ponto.

Participação dos professores

Parte do "dia livre" na escola é dar uma chance para que os professores relaxem e aproveitem as atividades com os alunos. Podem ser feitos jogos de vôlei ou de basquete com professores contra alunos, fazendo adaptações de acordo com a série. Para as crianças mais novas, entre 5 e 7 anos, os professores podem jogar ajoelhados ou com uma mão atrás das costas. Outra opção é fazer jogos em que alunos e professores trabalhem em equipe. Um professor pode se sentar em um trenó preso a uma corda, fazendo com que os alunos o puxem por uma certa distância. A distância deve variar de acordo com a idade. O time que cruzar a linha de chegada mais rápido ganha.