Como lidar com uma criança mandona

Escrito por christina schnell | Traduzido por juliana silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como lidar com uma criança mandona
Não permita comportamento autoritário entre irmãos (Thinkstock Images/Comstock/Getty Images)

"Não! Eu quero o copo azul. Traga aqui!", grita um menino de três anos para a mãe. Esse tipo de comportamento é, entre outras coisas, autoritarismo infantil na sua pior forma. Crianças podem ser mandonas de diferentes formas, querendo sempre mandar nos coleguinhas na hora da brincadeira ou até mesmo querendo controlar a forma como preparam a sua comida. Demonstrar independência e afirmar a sua individualidade são coisas normais, mas os pais devem aprender a lidar com a prepotência do próprio filho antes que isso comece a afetar as amizades da criança.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Fale com o seu filho com calma e firmeza. Crianças muito novas ainda estão aprendendo o que é um comportamento aceitável. Quando o seu filho de cinco anos entra na cozinha e diz "me dá suco" ou "eu quero água", responda calmamente "eu posso te dar o que você quer se você pedir com educação". Um simples pedido como esse geralmente gera um tom de voz mais gentil acompanhado de um "por favor" e um "obrigado". Peça que ele aja com a mesma educação e gentileza quando falar com outras pessoas.

  2. 2

    Dê o exemplo com as suas próprias palavras e ações. Uma criança que escuta constantemente "coloque seus sapatos", "anda logo" ou "venha aqui agora" irá se comunicar de uma maneira similar. Em vez disso, use comandos respeitosos, mas firmes e específicos, como: "por favor, guarde os brinquedos e calce o seu tênis" ou "por favor, coloque o seu casaco porque nós já estamos atrasados para o cinema".

  3. 3

    Para crianças com mais de 5 anos de idade, ensine maneiras alternativas de pedir as coisas. Sugira, por exemplo, que ela diga "por que não deixamos a boneca na cama por alguns minutos e depois ela pode ir na carruagem", em vez de gritar "a boneca vai ficar na carruagem, não na cama".

  4. 4

    Corrija o comportamento autoritário do seu filho, mesmo que a criança ainda esteja desenvolvendo as suas habilidades de linguagem. Em vez de dizer "ninguém quer brincar com você quando você quer mandar em todo mundo", diga, "eu acho que tanto você quanto o seu amigo gostariam de ser o motorista do caminhão dos bombeiros, então, vocês podem variar de vez em quando". Estimular a cooperação em uma idade precoce é o segredo para reduzir as chances de um comportamento autoritário.

  5. 5

    Reconheça que o seu filho sente a necessidade de ter autonomia e independência dando a ele a oportunidade de tomar pequenas decisões no dia-a-dia. Deixe que ele escolha entre um moletom ou uma jaqueta para vestir num dia de frio ou pergunte se ele quer comer ervilhas ou cenoura no jantar, por exemplo. Uma criança que se sente no comando uma vez ou outra tem menos chance de querer comandar sempre.

Dicas & Advertências

  • Sempre fale de forma gentil com a criança para fortalecer a mensagem que você quer passar.
  • Modificar um comportamento autoritário é impossível sem consistência. Não peça que seu filho reformule dois pedidos autoritários pela manhã e depois deixe passar uma atitude mandona à tarde porque você está muito cansado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível