Como lidar com dores nos seios e mamilos ao amamentar

Escrito por beth greenwood | Traduzido por andressa v. da nobrega
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como lidar com dores nos seios e mamilos ao amamentar
Dores durante a amamentação devem ser tratadas (George Doyle/Stockbyte/Getty Images)

Amamentar não deve ser doloroso, não importa o que tenham lhe dito. Dores nos seios e mamilos são um sinal de que algo está errado, e tais sintomas não devem ser ignorados. Dores são comuns no período imediatamente posterior ao nascimento do bebê, mas não devem ser graves a ponto de interferir no ato de amamentar. Tratar as dores é essencial, afinal, quanto mais você esperar para começar o tratamento, piores ficarão os sintomas.

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Almofada
  • Protetores de seios
  • Bomba para leite
  • Bico de silicone para seios
  • Paracetamol
  • Creme para mamilos

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Analise e melhore a postura corporal. Posturas erradas são a causa mais comum de dores nos seios e mamilos durante a amamentação, sendo a causa de aproximadamente 90% dos casos de problemas. Para melhorar a postura, encontre um ponto em que você possa se sentar confortavelmente com a coluna ereta e os pés bem apoiados no chão. Segure o bebê deixando o estômago da criança colado ao seu, mas tome cuidado para não elevar muito a cabeça dele. Almofadas podem ajudar a elevar o bebê até o nível do seio.

  2. 2

    Certifique-se de que o bebê esteja bem posicionado. Leve-o ao mamilo e estimule-o a abrir bastante a boca, de maneira que todo o mamilo e a auréola fiquem dentro dela. Se você sentir dor ou um excesso de sensibilidade, é um sinal de que o bebê não está bem posicionado. Deixar o bebê sugar sem que esteja em uma boa posição pode causar dor prolongada e aumento da sensibilidade.

  3. 3

    Examine os mamilos procurando por sinais de sapinho. Sintomas incluem coceira, dores e vermelhidão. Esse é um tipo de infecção fúngica. Se você estiver infectada, é provável que o bebê também esteja. Consulte um médico imediatamente se você acredita que essa possa ser a causa das dores ao amamentar. Tanto você quanto o bebê precisarão de tratamento. Reduza os riscos de infecção lavando os mamilos com água limpa após cada vez que amamentar e trocando os protetores de seios com frequência.

  4. 4

    Observe se você tem mamilos invertidos, que podem impedir que o bebê pegue bem o peito. Essa variação anatômica dificulta o ato de puxar a auréola para fora e para dentro da boca do bebê. Os mamilos podem ser leve ou gravemente invertidos e são causados por junções internas dos tecidos, que repuxam a auréola. Para saber se essa é a causa do problema, coloque o dedo indicador e o polegar atrás da auréola e pressione. Se o mamilo apresentar uma cavidade ou se dobrar, provavelmente é invertido. Isso não significa que você não possa amamentar. Use uma bomba de leite ou um bico de silicone para aumentar as chances de amamentar com sucesso.

  5. 5

    Evite usar sabonetes e cremes com cheiro forte enquanto estiver amamentando, pois alguns podem causar dermatites em mães sensíveis. Se as dores durante a amamentação estiverem associadas a coceiras, rachaduras ou vermelhidão, você pode ser alérgica ao sabonete que está usando ou ao sabão usado para lavar suas roupas. Experimente usar protetores para seios estéreis e lave os mamilos apenas com água pura.

  6. 6

    Troque de bomba de leite. Um equipamento mal projetado pode causar dores, inflamação e mamilos rachados. Se você sentir desconforto ao usar a bomba, experimente desligar a sucção ou comprar uma de outra marca. Você não deve sentir dor.

  7. 7

    Tome analgésicos durante o processo de recuperação. O paracetamol é seguro tanto para a mãe quanto para o bebê e o alívio proporcionado permitirá que você continue amamentando enquanto as dores desaparecem. Tome a menor dose possível a cada quatro ou seis horas, conforme necessário, por não mais do que alguns dias.

  8. 8

    Deixe os mamilos secarem ao ar para ajudar no processo de cura e para evitar várias causas de dores durante a amamentação. Troque os protetores de seios a cada duas horas e passe o máximo de tempo possível sem sutiã ou blusa. Coloque uma toalha no colo enquanto estiver sentada para limpar caso o leite escorra. Protetores para seios são também úteis para manter os seios secos, e podem ajudar a protegê-los de inchaços.

  9. 9

    Use um creme específico para o período de amamentação. Lanolina, camomila e vitaminas E, A e D podem trazer alívio a seios e mamilos doloridos. Antes de usar qualquer creme, faça um teste de alergia aplicando uma pequena quantidade do produto na parte interna do pulso. Use apenas cremes seguros para o período da amamentação e confira no rótulo se você precisa lavar os mamilos antes de amamentar.

  10. 10

    Consulte um médico com urgência se você suspeitar que as dores sejam causadas por uma doença séria, como mastite ou outra infecção bacteriana. A mastite pode causar uma dor considerável, febre, tremores e uma área rígida e avermelhada no seio.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível