Como lidar com seios assimétricos

Escrito por cindi pearce | Traduzido por alexandre amorim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como lidar com seios assimétricos
Seios são raramente simétricos (attractive woman breasts image by Pavel Bernshtam from Fotolia.com)

Mulheres com seios simétricos são um caso raro. Quando eles não são do mesmo tamanho, eles são chamados de assimétricos. Um seio pode estar assentado de uma forma diferente do que o outro. Um deles pode ser maior ou com uma forma diferente do outro. Se eles tiverem tamanhos de sutiã diferentes, eles são oficialmente assimétricos.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Enchimento em um lado do sutiã
  • Cirurgia

Lista completaMinimizar

Instruções

    O que causa isso e o que fazer a respeito

  1. 1

    Reconheça que à medida em que uma menina se desenvolve, se seus seios forem assimétricos, eles serão notados cedo. Seios que não casam normalmente não são motivo de preocupação, apesar da dificuldade para encontrar sutiãs que caibam e serem um problema estético. Entretanto, se tiverem a Síndrome de Poland, eles podem ser preocupantes, assim como seios tuberosos ou tubulares. Em ambos os casos, é necessária a intervenção médica.

  2. 2

    Descubra se seus seios assimétricos são causados pela síndrome de Poland, que é o resultado de uma restrição no suprimento de sangue embrionário. Essa condição é normalmente acompanhada por braços deformados e um músculo peitoral em falta, de acordo com a Drª. Janet Turkle, uma cirurgiã plástica de Indianapolis, EUA. Essa rara condição congênita pode afetar tanto meninos quanto meninas. Os músculos do peito e o seios falham em se desenvolver em um dos lados.

    Seios tubulares são causados por uma dobra inflexível inframamária que é muito apertada. Caso tenha seios tubulares, é provável que eles tenham uma auréola larga e uma base estreita, além de uma protusão no tecido do seio através da auréola. Os mamilos são geralmente roliços e os seios podem ser tremendamente assimétricos e distorcidos em forma, assim como flácidos. Isso acontece porque os seios e as suas dobras não estão posicionadas onde deveriam estar. Procedimentos cirúrgicos podem corrigir isso ao reduzir o tamanho da auréola e alargando a base do seio tubular, levantando os seios enquanto aumenta-se o tamanho do seio menor.

  3. 3

    Considere que essa condição é provavelmente hereditária. Entretanto, seios assimétricos podem também ser o resultado de problema com crescimento ou desenvolvimento, uma queimadura no seio ou uma lesão. Outras causas para seios assimétricos incluem gravidez; mudanças fibrocísticas dos seios; crescimento excessivo de tecido, o que é chamado de hiperplastia; tumores e cistos não-cancerosos; e câncer de mama inflamatório, o que é raro.

    O câncer de mama inflamatório é um tipo altamente agressivo, onde as células cancerosas bloqueiam os vasos linfáticos que estão na pele do seio. Isso o deixa avermelhado, inchado e quente. A pele no seio se torna sulcada ou sem caroços, ou parecida com uma laranja. Se tiver esse tipo de câncer, um seio irá ficar diferente do outro, de acordo com o site Cancer.gov.

  4. 4

    Não se submeta à uma cirurgia plástica antes de completar 20 anos e seus seios estiverem totalmente desenvolvidos. Antes disso, use um enchimento para deixar os dois seios com tamanhos semelhantes. Consulte um especialista em sutiãs que pode dar dicas sobre qual é o melhor tipo para se vestir e como obter o tamanho e encaixe apropriado. Não se esqueça de informar suas preocupações ao seu médico.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível