Limitações do teste de QI

Escrito por tyson alexander | Traduzido por fernanda de assis
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Limitações do teste de QI
Testes de QI possuem limitações (taking test image by Petro Feketa from Fotolia.com)

Testes de QI (quociente de inteligência) são um método amplamente utilizado de medir as habilidades intelectuais gerais das pessoas. Os psicólogos utilizam frequentemente testes de QI para identificar alunos superdotados e diagnosticar dificuldades de aprendizagem, sob a suposição de que os resultados dos testes de QI refletem com precisão a capacidade intelectual. No entanto, algumas limitações do teste indicam que deve-se interpretar os resultados dos testes de QI com certa cautela.

Outras pessoas estão lendo

Testes de QI e habilidades de realização de provas

Os testes de QI, não intencionalmente, medem a habilidade de realizar provas juntamente com as habilidades intelectuais. Pessoas que têm muita experiência com testes têm uma vantagem em testes de QI em comparação com pessoas que não tiveram muitas experiências com testes. Por exemplo, a Escala de Inteligência Wechsler para Crianças contém questões de múltipla escolha. Se uma criança que se depara regularmente com esse tipo de perguntas na escola consegue resultados mais elevados do que uma criança sem nenhuma experiência anterior com testes de múltipla escolha, não é totalmente claro se o primeiro tem habilidades intelectuais superiores ou é simplesmente melhor com esse tipo de teste.

Testes de QI e motivação

Outra limitação dos testes de QI é que pessoas preparadas e altamente motivadas obtém pontuação maior do que as pessoas com menos motivação. Considerando as muitas maneiras com que os psicólogos usam testes de QI, pode ser difícil saber o quanto o QI de uma pessoa reflete sua capacidade intelectual ou a sua motivação para ir bem no teste. Segundo o psicólogo Ulric Neisser, no artigo "Aumentando os resultados em testes de inteligência", se o QI das pessoas em 1932 fossem testados pelos padrões de 1997, a sua pontuação média de QI seria de 20 pontos abaixo da média de QI em 1997. O Dr. Neisser sugeriu que o aumento da motivação para obter altos resultados em testes pode ter contribuído para o aumento do QI ao longo do tempo.

Testes de QI não medem todo tipo de inteligência

Outra limitação dos testes de QI é que eles tentam representar as habilidades intelectuais gerais de uma pessoa com uma única pontuação. Segundo o psicólogo Howard Gardner em seu livro "Frames of Mind: a teoria das Inteligências Múltiplas" (em tradução livre), as pessoas podem usar até sete formas distintas de inteligência, incluindo inteligência musical, cinestésica e interpessoal. Testes de QI podem avaliar suas habilidades de raciocínio lógico e memória, mas não conseguem avaliar suas habilidades interpessoais ou criatividade. Então, alguém que obtém resultados inferiores à média pode ainda ter habilidades criativas excepcionais, ignoradas pelos testes de QI.

Limitações do teste de QI
Testes de QI não medem habilidades criativas e artísticas (girl with her painting & looking at other painting image by L. Shat from Fotolia.com)

Viés cultural

Uma limitação frequentemente mencionada é que testes de QI não produzem notas consistentes entre grupos culturais. Um teste de QI pode incluir perguntas que enfatizam habilidades que são importantes para um grupo cultural e negligenciar habilidades que são importantes para outro grupo cultural. Por exemplo, de acordo com a professora Judith Kearins, na revista "Cognitive Psychology", as crianças aborígenes australianas que cresceram no deserto obtiveram resultados acima da média em um teste que mede a memória visual, apesar de terem ficado abaixo em testes de QI. A profa. Kearins sugeriu que a memória visual é particularmente importante para as crianças indígenas como um meio de de encontrar caminhos no deserto.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível