Fraqueza nas pernas traseiras em gatos

Escrito por jen marx | Traduzido por felipe fogolin
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Fraqueza nas pernas traseiras em gatos
Quais são as implicações de fraqueza nas pernas traseiras? (cats image by vb_photo from Fotolia.com)

Problemas sérios de fraqueza nas pernas traseiras em gatos são notados com frequência quando ele não está andando usando as patas, mas sim nos curvilhões, que são os pontos das patas traseiras, comparáveis aos calcanhares em uma pessoa. Apesar de alguns problemas não serem tão sérios, todos os sinais de fraqueza nas pernas devem ser diagnosticados e tratados por um veterinário.

Outras pessoas estão lendo

Neuropatia

Neuropatia, uma condição associada à diabetes, é a lesão dos nervos causada por hiperglicemia. Quando os níveis de açúcar estão altos, alguns gatos sofrem de baixos níveis de potássio devido a urinação frequente, também contribuindo para o enfraquecimento das pernas traseiras. Exercício ajuda o corpo do gato a reduzir os níveis. Além disso, checar os níveis de glicose em casa é útil para começar a definir o problema, mas apenas um veterinário deve fazer o diagnóstico final.

Constipação

A constipação é um problema comum em gatos com insuficiência renal crônica e causa problemas ao andar, ficando os gatos com pernas instáveis e ineficientes. Outros sinais incluem perda de apetite, defecar ou urinar diretamente do lado de fora da caixa de areia, vômito e fezes secas. Se a condição não for tratada, um acúmulo de toxinas perigoso pode ocorrer no sistema do gato.

Fraqueza nas pernas traseiras em gatos
Cheque sinais ao redor da caixa de areia (litter image by Jerome Dancette from Fotolia.com)

Trombo embolismo aórtico

Também conhecido com um coágulo sanguíneo nas pernas, o trombo embolismo aórtico, outra condição comum entre felinos com insuficiência renal crônica, afeta particularmente as pernas traseiras. O fluxo sanguíneo para as pernas é interrompido e as pernas se tornam muito frias e frequentemente até completamente aleijadas. Se o animal ainda é capaz de andar, ele vai mancar. A condição pode oferecer risco de vida, então o gato deve ser levado ao veterinário imediatamente.

Fraqueza nas pernas traseiras em gatos
Coágulos sanguíneos são perigosos para gatos (blood image by Sergey Galushko from Fotolia.com)

Cardiomiopatia hipertrófica

Um gato com cardiomiopatia hipertrófica vai sofrer de problemas de coração severos, pois o músculo do coração engrossa e não consegue funcionar apropriadamente. Além de respiração acelerada e trabalhosa, perda de apetite, perda de peso, letargia, fraqueza ou paralisia das patas traseiras se desenvolvem. O início súbito de pernas fracas é uma emergência médica séria e deve ser tratada imediatamente.

Fraqueza nas pernas traseiras em gatos
Problemas no coração podem causar problemas nas pernas (big heart little heart image by cat from Fotolia.com)

Outros possíveis problemas

De acordo com o Dr. Mike Richards, um veterinário no site "vetinfo.com", fraqueza nas pernas traseiras é um sintoma de uma vasta gama de doenças, indicando que uma visita ao veterinário é a melhor ideia. Outras condições que podem potencialmente causar fraqueza nas pernas traseira são câncer, toxoplasmose (infecções por parasitas), leucemia felina, vírus da imunodeficiência felina (FIV) e peritonite infecciosa felina (uma infecção viral).

Fraqueza nas pernas traseiras em gatos
Muitas condições e doenças podem causar fraqueza nas pernas (Virus image by Denis Makarov from Fotolia.com)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível