Saúde

Manchas escuras no cérebro

Escrito por linda ray Google | Traduzido por marcelo couto
Manchas escuras no cérebro

A tomografia destaca lesões e tumores no cérebro

Jupiterimages/Polka Dot/Getty Images

Uma mancha escura pode aparecer em um raio-x ou tomografia por inúmeros motivos. Lesões no cérebro geralmente são descobertas acidentalmente quando se está sendo diagnosticado por um sintoma não relacionado, de acordo com o site MayoClinic.com. Manchas escuras podem indicar lesões cerebrais que são confirmadas com uma exame de ressonância magnética ou de tomografia computadorizada (TC).

Causas

Uma mancha escura no cérebro pode ser o resíduo de uma lesão antiga ou de uma condição médica já resolvida sem apresentar riscos. Por outro lado, uma lesão que aparece como mancha em testes pode indicar inúmeras doenças graves, desde tumores até aneurisma ou alguma anomalia cerebral congênita. A realização de mais testes e examinações pode ser necessária para diagnosticar a marca, ou o médico pode escolher monitorar a lesão para observar possíveis mudanças.

Características

Um tumor que se origina no cérebro é chamado de tumor cerebral primário. O câncer que se espalha para o cérebro a partir de outra parte do corpo recebe o nome de tumor cerebral metastático, de acordo com National Cancer Institute. Outros sintomas neurológicos, como dores de cabeça ou perda de visão podem requerer mais testes para analisar as manchas escuras. Um contraste pode ser injetado na corrente sanguínea para destacar possíveis tumores.

Efeitos

A ressonância magnética (RM) é a técnica mais usada para diagnosticar lesões no cérebro. Avanços nessa tecnologia permitem que os médicos vejam com mais detalhes quanto dano é associado à mancha escura e qual doença escondida pode estar causando a anormalidade. A RM é realizada em uma máquina grande com formato de tubo, na qual o paciente é inserido ao se deitar em uma mesa móvel. Ruídos altos ocorrem durante todo o processo, que dura mais de uma hora, enquanto as imagens são processadas.

Considerações

Embora os sintomas de um tumor ou lesão possam fazer com que o médico peça tomografias do cérebro, a única maneira definitiva para identificar um tumor é através de uma biópsia, segundo o site American Brain Tumor Association. Raios-x e tomografias podem indicar a presença de um ponto escuro e ajudar a determinar as condições gerais do crânio ao redor do tumor, guiando os cirurgiões em suas sondas. As imagens fornecem diagnósticos preliminares e direcionam testes adicionais.

Identificação

Para identificar concretamente a mancha escura como um tumor cerebral maligno, outros testes geralmente são fornecidos, observa o National Cancer Institute. A biópsia é feita através de uma pequena incisão no crânio e tirando um pedaço da mancha para ser testada sob um microscópio no laboratório. Uma punção lombar, que remove fluído do topo da coluna que leva ao cérebro, também pode ajudar a identificar se há câncer no tumor.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media