Maneiras de combater a depressão, o ciúme e a inveja

Escrito por elise wile Google | Traduzido por mariana mendonça
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Maneiras de combater a depressão, o ciúme e a inveja
Afaste o ciúme, a inveja e a depressão de sua vida (K-King Photography Media Co. Ltd/Digital Vision/Getty Images)

Depressão, ciúmes e inveja andam lado a lado como leite e biscoitos, mas não são nada doces. Estas emoções destrutivas podem acabar com relacionamentos, causar problemas no trabalho e, geralmente, diminuem a qualidade de sua vida. Perceber que o ciúme e a depressão são emoções que nem sempre se baseiam na realidade vai ajudá-lo a lutar contra elas -- e afastar esses sentimentos de sua vida fará com que a luta valha a pena.

Outras pessoas estão lendo

Auto-estima

Trabalhe na construção de sua auto-estima. O ciúme e a depressão podem surgir de sentimentos de inadequação. Se você confiar em si mesmo e em suas habilidades, não terá motivo para ter inveja ou se sentir deprimido em relação às realizações dos outros. A auto-estima elevada também ajuda as pessoas a não se sentirem ameaçadas por possíveis infidelidades do parceiro, já que uma pessoa com boa auto-estima não aceitará infidelidade ou a levará pessoalmente. Para desenvolver o tipo de auto-estima que irá ajudá-lo a lutar contra o ciúme e a depressão, preste atenção em como você fala consigo mesmo. Você diz a si mesmo que é estúpido quando comete um erro? Mentalmente, você dá a si mesmo as mesmas chances que dá aos outros? Além de prestar atenção às conversas consigo mesmo, reserve algum tempo para pensar sobre as atividades nas quais você é talentoso e nas coisas boas que faz pelos outros. Anote-as. Lembre-se a cada dia que você é uma pessoa de valor . Pare de se comparar aos outros. Comparar-se com os outros é uma das principais causas da inveja e da depressão. O problema em comparar sua vida à de outra pessoa é que você nunca pode ver a imagem inteira. A pessoa com quem você está se comparando pode parecer ter o parceiro perfeito, o corpo perfeito e, de fato, a vida perfeita. Particularmente, este pode não ser o caso. Pense em quantas invejadas celebridades sofrem de dependência de drogas, maus-tratos e falência.

Ganhando perspectiva

Converse com alguém sobre o ciúme e a inveja. Conversar com um amigo de confiança, membro da família ou conselheiro pode ajudar a colocar seus sentimentos em perspectiva. Se você é ciumento em relação a uma única questão, isso pode ser tudo o que você precisa para ganhar a garantia de que o seu ciúme é infundado. Também ajuda a reconhecer a fonte de sua inveja e depressão. Se você tem um passado se comparando desfavoravelmente com outras pessoas, você aprendeu a sentir inveja por razões provavelmente irracionais. Além de falar sobre isso, fazer um diário pode ajudar a determinar as causas da sua inveja e depressão.

Mudar padrões

Altere o modo como você pensa. Tanto o ciúme e a inveja, como a depressão, são causados ​​por seus próprios pensamentos negativos sobre a situação. Conte com a ajuda de um terapeuta cognitivo-comportamental e trabalhe na identificação de pensamentos negativos que provoquem os sentimentos. Uma vez que os pensamentos forem identificados, você pode trabalhar em eliminá-los. Eliminar esses pensamentos também afastará as sensações negativas. Um estudo publicado no British Journal of Psychiatry mostrou que 10 de 13 indivíduos com ciúme mórbido foram ajudados pela terapia cognitiva. É uma técnica promissora para casos de ciúme que podem parecer intratáveis.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível