Qual é a melhor maneira de aumentar a dopamina no cérebro?

Escrito por alexis writing | Traduzido por pina bastos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qual é a melhor maneira de aumentar a dopamina no cérebro?
Faça muito exercício (Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images)

A dopamina e a norepinefrina são ambas neurotransmissores que excitam, importantes para a capacidade de ficar alerta, a motivação, a memória e a concentração. A dopamina tem várias funções no seu cérebro e tem um impacto no seu comportamento, cognição, motivação, movimento voluntário, estado de espírito, sono, aprendizado e atenção. Quando o seu cérebro produz dopamina suficiente, você sente prazer, felicidade e, às vezes, euforia. Existem algumas maneiras de aumentar os níveis de dopamina no seu cérebro. O melhor método depende do que funciona para você e de como o seu corpo responde às técnicas.

Outras pessoas estão lendo

Exercício

De acordo com o estudo, "O exercício diminui o estresse oxidativo e a inflamação e restaura a função renal receptora da dopamina D1 em ratos velhos", publicado no American Journal of Physiology: Fisiologia Renal em 2007, o exercício pode ajudar a aumentar os níveis de dopamina. O estudo, conduzido por médicos do Instituto de Coração e Rins da Universidade de Houston, descobriu que o exercício podia não só elevar os níveis de dopamina, mas também restaurar as funções receptoras desse neurotransmissor em ratos velhos.

Os exercícios aeróbicos são os mais comuns de serem realizados para elevar os níveis de dopamina. Esses exercícios podem até mesmo prevenir casos de depressão -- que, às vezes, é causada por um desequilíbrio químico e baixos níveis de dopamina -- ao aumentar os níveis desse neurotransmissor.

Alimentos

Existem alguns alimentos que também podem aumentar naturalmente a dopamina. Beterraba contém o aminoácido betaína, que é antidepressivo. De acordo com um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition em 2007, a betaína age como um estimulante na produção de S-adenosilmetionina ou SAM-e. A SAM-e é ligada à produção de hormônios como a serotonina e a dopamina. Um estudo intitulado "Essential Amino Acids Affect Interstitial Dopamine Metabolites in the Anterior Piriform Cortex of Rats", publicado no Journal of Nutrition em 1999, também sugere que alimentos ricos em certos aminoácidos podem ajudar a incrementar as dopaminas. Bananas são ótimas fontes de tirosina, que é um outro tipo de aminoácido. Seus neurônios se transformam em dopamina e norepinefrina. Queijo é uma forma reconhecida de alimento proteico. Esse mesmo estudo sugere que as proteínas, que são compostas de aminoácidos, também podem ajudar na produção de dopamina e norepinefrina. Frango também contém proteínas que promovem o aumento nos níveis dos neurotransmissores excitantes em questão. É, também, uma grande fonte de coenzima Q10 (Co Q10), que também incrementa o potencial de gerador de energia de certos neurônios. Feijões e legumes são proteínas nutritivas que podem incrementar a sua saúde, assim como os níveis de dopamina. Outras carnes, queijos, peixes, ovos e frutos do mar são ricos em proteína, nutritivos e incrementadores de dopamina. Finalmente, melancia pode ajudar. O suco de melancia é livre de gordura e cheio de vitaminas A, B6 e C. A vitamina B6 é usada pelo seu corpo na fabricação de neurotransmissores como a melatonina, a serotonina e a dopamina. A vitamina C, por outro lado, aumenta o seu sistema imunológico enquanto salvaguarda o seu corpo contra os radicais livres.

Suplementos

Segundo o American Journal of Psychiatry, tomar suplementos de vitaminas também pode ajudar a elevar os níveis de dopamina. Inclua vitamina B12, ácido fólico (vitamina B9), ácidos graxos ômega-3 e vitamina B6 nos seus suplementos. O American Journal of Psychiatry publicou, em 1997, um estudo intitulado "Folate, Vitamin B12 and Homocysteine in Major Depressive Disorder", que demonstrou que deficiências nessas vitaminas são comuns nas pessoas depressivas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível