Como mudar suas emoções

Escrito por brenda scottsdale | Traduzido por vanessa arnaud
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como mudar suas emoções
A Terapia de Comportamento Cognitivo é muito eficaz para fugir de pensamentos negativos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A personalidade é um sistema de três partes, constituído pelos pensamentos, sentimentos e comportamento. Mudar a forma como pensamos sobre alguma coisa pode ajudar a mudar o que sentimos por ela e, assim, influenciar as escolhas que fazemos a respeito. É fácil acabar se envolvendo em pensamentos negativos. Entretanto, seguir alguns passos simples pode ajudá-la a fugir disto. Estes métodos são baseados na Terapia de Comportamento Cognitivo, uma linha validada por 30 anos de estudos científicos controlados.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Papel
  • Caneta

Lista completaMinimizar

Instruções

    Compreenda e desafie seus pensamentos negativos

  1. 1

    Entenda que pensamentos influenciam os sentimentos. Pensamentos negativos ou falsos são chamados de distorções cognitivas. As distorções cognitivas se formam normalmente por experiências negativas prévias e podem privar um indivíduo de alegria e entusiasmo. Um exemplo de como os pensamentos negativos podem se desenvolver é uma experiência em um encontro. Se ele for ruim, a pessoa pode apresentar pensamentos como "eu sou muito feia" ou "ninguém se interessa por mim". Conclusões absolutas como estas não são pensamentos embasados - sempre há exceções. Pensamentos negativos podem levar a comportamentos ruins como não ir mais a encontros, não cuidar dos cabelos ou usar maquiagem e não se atentar à higiene. Mantenha uma lista desses pensamentos negativos e dos pensamentos positivos que se oponham a eles. Você descobrirá que tende a reutilizar os mesmos seis ou sete pensamentos negativos. Com o tempo, você pode experimentar diferentes pensamentos positivos para derrubar aqueles negativos, descobrindo o que funciona melhor para você.

  2. 2

    Entenda que os sentimentos influenciam os pensamentos. No exemplo do encontro acima, se alguém o insultou, ainda que inadvertidamente, você pode desenvolver depressão. Por estar se sentindo deprimida, pode começar a pensar "Nunca terei um bom encontro".

    Como mudar suas emoções
    A personalidade é um sistema de três partes: pensamentos, sentimentos e comportamento (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  3. 3

    Desafie os pensamentos negativos que levam a sentimentos ruins. Pensamentos distorcidos são melhores combatidos com a lógica. Se estiver pensando "Eu sou a pessoa mais feia do mundo", deve se lembrar de situações em que pessoas elogiaram sua aparência, pensar que certamente existem pessoas menos atraentes, ou perceber que, na vida em geral, ter a aparência de uma modelo não é a coisa mais importante.

  4. 4

    Lembre-se da regra do dois-para-um. Para cada pensamento negativo, deve encontrar ao menos dois positivos. Os pensamentos negativos sobre si mesma normalmente são desenvolvidos na infância e por isso são fortes e difíceis de derrubar. Uma vez que novos hábitos são aprendidos, mais e mais pensamentos se tornarão positivos, estimulando boas emoções.

    O método A-B-C

  1. 1

    Use o método A-B-C. Inventado por Aaron Beck, cofundador da Terapia do Comportamento Cognitivo, o método A-B-C vem sendo empregado com sucesso para combater pensamentos negativos há 30 anos. O "A" corresponde ao evento ativador ("Activating Event"), aquilo que aconteceu e precipitou seus sentimentos negativos. O "B" corresponde às conclusões ("Belief") às quais você chegou sobre o evento, e o "C" refere-se às consequências ("Consequences") da sua forma de encarar a situação, como a depressão.

    Como mudar suas emoções
    Use o método A-B-C para combater pensamentos negativos (Dynamic Graphics Group/Dynamic Graphics Group/Getty Images)
  2. 2

    Quando se tornar ciente da consequência negativa, a letra "C" - como não comparecer a encontros -, você deve olhar para o evento ativador para descobrir o que aconteceu para desencadear esse comportamento. Você poderá se lembrar de alguma experiência desagradável em um encontro que desencadeou o medo de rejeição.

    Como mudar suas emoções
    Uma experiência negativa em um encontro pode desencadear medo de rejeição (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  3. 3

    Pense nas crenças que você construiu a respeito do evento ativador ("B"). Se você acreditar, por exemplo, que sua experiência negativa significa que você é pouco atraente ou agradável, o comportamento que você está apresentando agora (isolamento) fará sentido. Pergunte a si mesmo se esta impressão é real ou distorcida.

  4. 4

    Mude essas crenças distorcidas com pensamentos positivos. Pense em alternativas lógicas. Talvez você seja atraente e a pessoa com quem você se encontrou é que não fosse legal, por exemplo. Lembre-se de usar a regra dois-para-um.

    Como mudar suas emoções
    Combata os pensamentos negativos com a regra dois-para-um (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)
  5. 5

    Dê força a pensamentos novos e positivos. Toda vez que perceber um pensamento agradável, concentre-se no quão bem está se sentindo. Isto é conhecido como ciclo de pensamento positivo. Emoções boas levam a bons pensamentos e, consequentemente, bons comportamentos. Pratique estas habilidades e suas emoções se tornarão melhores com o tempo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível