Por que as mulheres têm frequência cardíaca de repouso mais elevada

Escrito por clementina altamirano | Traduzido por geissy de assis
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Por que as mulheres têm frequência cardíaca de repouso mais elevada
A frequência cardíaca de repouso nas mulhere é maior do que nos homens (Jupiterimages/Pixland/Getty Images)

A complexidade global do processo de batimento cardíaco em mulheres é maior do que nos homens, e isso leva a uma frequência cardíaca de repouso média maior nelas. A frequência cardíaca de repouso média das mulheres é de 75, enquanto é cerca de 70 nos homens.

Outras pessoas estão lendo

Dinâmica da frequência cardíaca

O poder de batida do coração real mostrou maior regularidade e produção de energia em mulheres do que em homens em um estudo do Departamento de Medicina do Hospital Beth Israel em Boston, Massachusetts.

Idade e frequência cardíaca

A frequência cardíaca de repouso fica maior com a idade tanto para homens e mulheres, mas as taxas cardíacas em mulheres permanecem consistentemente maiores do que nos homens ao longo da vida. Pessoas que se exercitam de qualquer idade tendem a ter uma frequência cardíaca de repouso mais baixa do que as pessoas inativas e obesas.

Mulheres e altas taxas cardíaca de repouso

Frequência cardíaca de repouso acima de 76 batimentos por minuto para as mulheres se correlacionam com uma maior probabilidade de sofrer de doenças cardíacas futuras. A cada aumento de 10 batimentos na frequência cardíaca de repouso, o risco de doença cardíaca aumenta.

Medir a frequência cardíaca em repouso

Veja o pulso no pescoço, pulso ou na parte de trás do joelho assim que acordar de manhã pela contagem do número de batimentos em 10 segundos. Multiplique esse número por seis para obter as batidas em um minuto.

Reduzindo a frequência cardíaca em repouso

As mulheres podem perder peso, limitar a ingestão de gordura e incorporar o exercício diário para reduzir a sua frequência cardíaca de repouso. Mulheres que se exercitam diminuem o risco de problemas cardíacos futuros.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível