Obstrução e gases intestinais em cães

Escrito por tracy hodge | Traduzido por camila marques dos santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Obstrução e gases intestinais em cães
Gases intestinais e distensão abdominal são sintomas de uma obstrução no intestino delgado (young labrador by the sea image by Lars Christensen from Fotolia.com)

Uma obstrução intestinal é uma doença muito séria e pode ocorrer tanto em humanos como em cachorros. Os cães que sofrem dessa doença podem apresentar sintomas de gases intestinais, inchaço e vômito.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

Uma obstrução no intestino pode ser causada por corpos estranhos, tumores, hérnias e infestações de diversas lombrigas. Obstruções intestinais simples não impedem o fluxo de sangue para o intestino. Uma obstrução estrangulada é uma condição na qual o fluxo de sangue para os intestinos podem ser cortados. Essa é uma doença séria e possui alta taxa de mortalidade. O Manual Merck de Veterinária, afirma que esta é uma doença vista muitas vezes em cães jovens, devido a tendência de comerem objetos estranhos como meia-calça ou brinquedos de plástico.

Efeitos

Os gases intestinais e distensão abdominal muitas vezes se desenvolvem em uma obstrução do intestino delgado. Segundo o Manual Merck de Veterinária, a distensão intestinal gasosa normalmente se desenvolve nas primeiras 12-35 horas depois que a obstrução ocorreu. Se nenhuma ajuda médica for procurada, o cão morrerá dentro de três a quatro dias.

Sintomas

Os sintomas associados a obstrução intestinal canina pode incluir vomito, diarreia, letargia, gases intestinais, distensão abdominal, febre, temperatura corporal abaixo do normal, desidratação e choque. Os cães com obstrução intestinal completa podem não conseguir passar os gases ou fezes.

Diagnóstico

Afim de determinar se o cão está sofrendo de uma obstrução intestinal, o veterinário fará um exame físico completo. Ele irá apalpar (sentir) o abdômen do cão para determinar se há algum tumor ou fluido presente. É importante também saber o histórico alimentar do cão, pois se ele tiver o costume de comer objetos estranhos, ele pode acabar adoecendo. Testes diagnósticos como raio X ou uma endoscopia pode ajudar a identificar uma obstrução ou um objeto estranho que pode estar causando o problema. Se o veterinário for incapaz de identificar a origem do problema, uma cirurgia pode ser necessária.

Tratamento

Os cães que sofrem de obstrução e gases intestinais podem se beneficiar com fluidos IV, e uma cirurgia pode ser feita para remover um objeto estranho e reparar o intestino. A taxa de mortalidade de cães que se submetem a este tipo de cirurgia é cerca de 12%, segundo o Merck, e é a mesma para o intestino delgado ou o intestino grosso. Os cães que já possuem sintomas de peritonite (infecção) tem uma taxa de mortalidade maior que 31%.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível