Qual é a opinião da religião muçulmana sobre a morte?

Escrito por sandeep sinha | Traduzido por fernando dias
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qual é a opinião da religião muçulmana sobre a morte?
Muçulmanos têm crenças específicas sobre a morte (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)

Islamismo, cristianismo, judaísmo e hinduísmo têm noções diferentes sobre a morte, que é amplamente visto como o fim da existência de um ser humano. O dicionário Merriam-Webster define a morte como "a cessação definitiva de todas as funções vitais: O fim da vida". Como a morte causa luto para a família, ela é temida pela humanidade. Crenças diferentes na religião muçulmana decidem o transplante de órgãos e o processo de funeral para uma pessoa morta, então é essencial para compreender alguns desses pontos de vista chegar a uma imagem clara sobre a morte.

Outras pessoas estão lendo

Transição

Alguns muçulmanos consideram a morte uma transição dessa vida para a próxima. Durante essa vida, os muçulmanos tentam manter uma conduta correta e realizar orações regulares, conforme ordenado pela sua sagrada escritura, o Corão. Alguns muçulmanos mais ferrenhos acreditam que a morte é o momento quando Deus todo poderoso acolhe boas almas no céu, enquanto almas ruins enfrentam humilhações no inferno.

Separação do corpo e da alma

A visão mais popular da religião muçulmana sobre a morte é que a alma de um ser humano deixa o corpo quando a pessoa dorme a noite, e a mesma alma retorna para o corpo quando a pessoa acorda pela manhã. Essa crença pode parecer irracional, mas é bem aceita pela comunidade muçulmana. Entretanto, de acordo com o Centro Islâmico de Blacksburg de Informação Islâmica & Educação, a morte é o momento quando a alma da pessoa morta se une com a alma de Deus todo poderoso.

Cessação das atividades cardíacas e respiratórias

O corpo humano é composto por órgãos vitais tais como coração, pulmões, cérebro e fígado, e não pode sustentar a vida sem seu funcionamento. Quando o coração para de bater e a respiração para ao mesmo tempo, a pessoa é declarada morta, de acordo com a visão tradicional da comunidade muçulmana. Assim que os membros da família de uma pessoa moribunda constatam a cessação de seus batimentos cardíacos e a ausência de respiração, eles deduzem que a pessoa não está mais viva, e começam a preparar seu funeral.

Morte cerebral

Evoluções da ciência médica, drogas que salvam vidas, e a tecnologia continuam atrasando a morte de pessoas doentes e em estado terminal, e consequentemente, tem havido transformações na visão sobre a morte dentro da comunidade muçulmana. Um paciente pode continuar respirando e sustentando vida, mesmo quando os órgãos vitais param de funcionar temporariamente, usando um sistema de suporte à vida. Muçulmanos agora concordam com a visão dos médicos sobre a morte cerebral que leva a falta de resposta do paciente na presença de estímulos externos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível