Pássaros de gelo na mitologia

Escrito por emily jarvis | Traduzido por luana ribeiro
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Pássaros de gelo na mitologia
O martim-pescador é um símbolo comum da ave mitológica de gelo (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)

A mitologia é um método antigo de descrever os fenômenos do mundo através de lendas e mitos. Os animais são muitas vezes os heróis dessas histórias, possuindo qualidades humanas. Cada história e criatura traz consigo simbolismos repletos de significados, transmitido por meio de canais antigos para dar sentido ao ritual e a história. O martim-pescador é frequentemente descrito como o "pássaro de gelo", que representa a reencarnação e a devoção em algumas culturas e a farsa em outras.

Outras pessoas estão lendo

Martim-pescador na Mitologia

O martim-pescador é chamado de "Eisvogel" em alemão e "ijsvogel" em holandês: literalmente, "pássaro de gelo''. Eles vivem onde os peixes são abundantes, ao longo de lagos, córregos e rios, e, durante o inverno, no litoral. O pássaro, que tem o tamanho de um pombo, pode ser visto planando sobre a superfície da água antes de mergulhar de cabeça para capturar sua presa. Seu grito soa como um riso estridente, uma característica que, provavelmente, deu ao martim-pescador o seu lugar na lenda indígena. O martim-pescador foi chamado de "Halcyon" pelos gregos, que celebravam as Alcyo'nides (dias de Halycon), período do inverno de mar calmo, quando o martim-pescador coloca seus ovos. Os ovos ficam protegidos do vento e das ondas durante o período de nidificação.

Alcyo'nides

Na mitologia grega, a história dos pássaros de gelo representa o amor e o compromisso. As Alcyo'nides (ou Alkyonides) foram as sete filhas da ninfa de Alkyoneus, rei dos gigantes. As filhas foram nomeadas Phosthonia, Anthe, Methone, Alkippa, Pallene, Drimo e Asterie. Quando seu pai foi morto por Heralces (ou Hércules), as filhas se jogaram no mar. Anfitrite, deusa do mar e esposa de Poseidon, as transformou em aves de gelo, ou martins-pescadores. As Alcyo'nides significam prosperidade, alegria, libertação e tranquilidade.

Halcyon e Ceyx

Há ainda outro mito grego sobre Halcyon. A deusa Halcyon foi casada com o rei Ceyx, um mortal. Um dia, Ceyx teve que viajar por mar para Delphi, sob protestos de sua esposa, que estava com medo do mar. Uma enorme tempestade varreu o navio de Ceyx e ele pediu a Poseidon que devolvesse seu corpo para os braços de sua esposa. Enquanto isso, sem saber do destino de seu marido, Halcyon apelou à deusa Hera para proteger o marido. Era tarde demais, e Hera enviou Morfeu, o deus dos sonhos, a Halcyon para informá-la da tragédia. Halcyon foi para a costa, onde encontrou o corpo de Ceyx e lançou-se ao mar. Movido por sua devoção, os deuses a transformaram em uma ave marinha e Ceyx em um martim-pescador para que eles pudessem ficar juntos.

O cocar do martim-pescador

O símbolo do martim-pescador também está presente no folclore nativo americano. O Velho e o Lobo estavam caçando no inverno. Eles haviam percorrido um longo caminho e não tinham carne para comer. Eles passavam em cima de um rio coberto de gelo, onde quatro gordas lontras estavam se divertindo. O Velho advertiu o Lobo para não perseguir as lontras sobre o gelo, pois ele poderia cair no rio e morrer. O Velho não queria ser deixado sozinho, sem um companheiro. O Lobo não deu atenção a sua advertência e perseguiu as lontras, até que caiu em um buraco no gelo e foi tragado para baixo. O Velho chorava e lamentava a perda de seu companheiro quando um martim-pescador nas proximidades começou a rir dele. Irritado, o ancião balançou sua arma contra o pássaro, roçando as penas de sua cabeça e as fazendo ficar de pé. Como punição por rir do Velho, as penas do martim-pescador ficaram para sempre como um cocar.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível