O que são as pequenas manchas brancas no vidro do meu aquário de água salgada?

Escrito por dr. samuel helms | Traduzido por marina pastore
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que são as pequenas manchas brancas no vidro do meu aquário de água salgada?
Aquários de água salgada usando rochas vivas são cheios de micro-organismos (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Por mais que manchas brancas no vidro de um aquário de água salgada possam ser feias, e às vezes difíceis de remover, elas geralmente são sinais de um aquário saudável. Embora você possa querer removê-las da frente e possivelmente dos lados do aquário para melhorar a visualização, não limpe o painel traseiro, para permitir que estes organismos prosperem.

Outras pessoas estão lendo

Copépodes

Se as manchas forem parecidas com areia branca e se moverem pelo vidro, provavelmente elas são copépodes. Existem cerca de 12 mil tipos diferentes de copépodes, um tipo de crustáceo, mas os mais comuns encontrados no vidro são os harpacticóides. Eles apenas prosperam em aquários saudáveis, e vê-los no vidro é um bom sinal de que você está cuidando do ambiente do aquário de maneira adequada. Os copépodes removem alguns tipos de algas. Além disso, vários tipos diferentes de peixes e invertebrados comem copépodes, alguns exclusivamente (como o peixe-mandarim). Estes crustáceos são muito nutritivos para os animais, e alguns aquaristas deliberadamente os criam e adicionam-nos a seus tanques.

Anfípodes

Os anfípodes são similares aos copépodes, mas são maiores, mais ou menos do tamanho de uma vírgula grande. Estes organismos também podem ser uma ótima fonte de alimento para os habitantes de aquários, mas alguns são parasitas e podem prejudicar os peixes. Os anfípodes ajudam a limpar os detritos do aquário; porém, se começarem a se tornar um incômodo, é um indicativo de que você está alimentando os peixes em excesso.

Algas coralinas

A alga coralina é um tipo de alga marinha comumente encontrada em rochas vivas. Ela geralmente é cor-de-rosa, mas pode ficar esbranquiçada ocasionalmente e deixar manchas brancas no vidro e nas rochas. Este tipo de alga usa cálcio em suas células e pode ser difícil de remover do vidro. Porém, ela geralmente é considerada benéfica num aquário de corais. Enquanto a água estiver cobrindo as rochas, outros tipos de algas incômodas não podem crescer, e a alga coralina dá cor ao aquário. Um bom crescimento de coralinas é geralmente considerado um sinal de um aquário saudável com boa suplementação de cálcio.

Vermes

Outros animais comuns que podem deixar pontos brancos no vidro de um aquário marinho são pequenos vermes calcários, isto é, que usam cálcio para construir suas conchas. Estes vermes são pequenos animais filtradores, inofensivos ao aquário. Eles podem ser retirados do vidro se você os achar problemáticos. Eles são facilmente identificáveis com uma lupa – as conchas são formadas em espiral.

Ovos de caracol

Se você tiver certos caracóis no seu aquário (como os caracóis Nassarius), comprados de propósito ou introduzidos a partir de rochas vivas, seus ovos podem aparecer como pontos brancos no vidro, em rochas e no fundo do aquário. Num aquário de água doce, caracóis podem ser pragas; porém, em ambientes marinhos eles geralmente não são um problema, já que muitos outros animais vão comer os filhotes e evitar que eles superpovoem o aquário. Isto é particularmente verdadeiro se você tiver animais filtradores, como os vermes Sabellida.

Hidróides

Os hidróides são parecidos com águas-vivas de cabeça para baixo e aderem a rochas e ao vidro. Você vai querer remover os hidróides do aquário, já que eles podem rapidamente dominá-lo sob as condições certas. Eles podem causar queimaduras feias tanto em humanos quanto em corais e perturbar o equilíbrio do aquário. Existem várias maneiras de removê-los, incluindo água fervente e a adição de predadores.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível