Plantas no bioma das calotas de gelo de montanhas

Escrito por lani thompson | Traduzido por pamela oliveira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Plantas no bioma das calotas de gelo de montanhas
Líquens são uma das formas mais resistentes e podem sobreviver nas duras condições climáticas da Antártica (lichen on the rock image by UBE from Fotolia.com)

Biomas são diferentes regiões da Terra que apresentam climas similares, assim como espécies animais e vegetais. Plantas que crescem no bioma de montanha - ou alpino - tendem a ser pequenas e folhosas. Musgos e líquens são encontrados normalmente nesses biomas. Nenhuma planta alta vive no bioma alpino, mas, em algumas regiões, algas crescem na neve, dando a elas uma cor rosada.

Outras pessoas estão lendo

Alpine Phacelia

A Alpine Phacelia cresce em locais abertos, rochosos em quase todas as montanhas do mundo. Ela cresce até 30 ou 60 cm com 10 a 100 flores em formato de sino ou tigela agrupadas em torno de uma haste. As folhas são cobertas por pelos sedosos e as flores são azuis, violetas ou brancas.

Xerophyllum tenax

Apesar do Xerophyllum tenax parecer grama, é um membro da família dos lírios. As folhas têm cor verde oliva com borda em forma de dente. Essa planta alcança quase 1 m de altura. As flores crescem em hastes que podem chegar a 1,8 m. Elas tem cor branco cremoso e forma de disco. Cresce em florestas e campinas em partes baixas de montanhas.

Silene acaulis

O Silene acaulis pode ser encontrado nas partes baixas e altas do bioma alpino. A planta se agarra ao solo e apresenta folhas pequenas e forma amontoada para se proteger do vento. As flores são pequenas e cor de rosa. Pode ser encontrado nas Montanhas Rochosas e nos Alpes suíços.

Lewisia pygmaea

A Lewisia pygmaea só é encontrada nas montanhas do oeste da América do Norte. É uma planta baixa (10 a 15 centímetros) e se espalha por um raio de 20 cm. As folhas são longas e finas e a flor é pequena. Apesar de parecer rosa, a flor é branca com finas veias rosas nas pétalas.

Batata selvagem

A batata selvagem é encontrada no bioma alpino da Cordilheira dos Andes. As condições climáticas são severas com fortes tempestades de neve, isso força a planta a crescer próxima ao solo. Pelos curtos nas folhas coletam a água das nuvens e protegem as folhas do congelamento. A batata selvagem é uma espécie ameaçada.

Líquens

Os três tipos principais de líquens, que são associações simbióticas de algas e fungos, podem ser encontrados na Antártica, que é parte do bioma das calotas de gelo. Líquens Crostosos formam uma fina crosta no objeto sobre o qual crescem. Líquens foliosos formam estruturas parecidas com folhas, e líquens fruticulosos apresentam características de arbustos. Líquens possuem adaptações especiais que permitem sua sobrevivência nas calotas de gelo. Eles pode fazer fotossíntese mesmo a temperaturas de -20 graus centígrados. Podem sobreviver a longos períodos de seca em um estado inativo, e podem crescer embaixo da neve. Muitos líquens podem absorver vapor de água da neve e do gelo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível