Podem as pílulas anticoncepcionais causarem abortos?

Escrito por kay daniels | Traduzido por monica ferreira rocha lopes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Podem as pílulas anticoncepcionais causarem abortos?
As pílulas também podem ter efeitos colaterais e contraindicações (Siri Stafford/Photodisc/Getty Images)

As pílulas anticoncepcionais estão entre os métodos contraceptivos mais populares porque têm uma confiabilidade de mais de 99% na prevenção da gravidez, quando usadas corretamente. De fato, as pílulas também podem ter efeitos colaterais e contraindicações, por isso, muitas mulheres questionam se elas podem causar aborto.

Outras pessoas estão lendo

Aborto espontâneo

Embora não seja uma boa ideia tomar as pílulas anticoncepcionais depois de descobrir que está grávida, as pílulas -- mesmo em grandes doses -- não causam o aborto.

Concepções erradas

Como tomar grandes doses de pílulas pode às vezes funcionar como contracepção de emergência, ao ser tomada alguns dias após a relação sexual sem proteção, muitas pessoas pensam incorretamente que as pílulas podem induzir um aborto. Mas até você obter um resultado positivo em um teste de gravidez, a contracepção de emergência não terá mais nenhum efeito.

Função

As pílulas anticoncepcionais geralmente inibem a ovulação e às vezes impedem a implantação, fazendo isso através da alteração dos níveis hormonais do corpo para simular uma gravidez. Uma vez que você estiver engravida, acrescentar hormônios adicionais ao corpo pode, teoricamente, ter efeitos colaterais negativos, mas isso não acabará com a sua gravidez.

Contracepção de emergência

As grandes doses de pílulas usadas ​​como contracepção de emergência podem parar a ovulação ou tornar o útero inóspito para a implantação, mas isso não terá nenhum impacto em um zigoto já implantado. Se você teve relações sexuais sem proteção nos últimos dois ou três dias, consulte um médico ou farmacêutico antes de usar grandes doses de remédios anticoncepcionais.

Teorias/especulação

Um estudo amplamente divulgado 2008 afirmou que as pílulas anticoncepcionais poderiam aumentar o risco de aborto espontâneo, mas esta foi apenas uma especulação sem qualquer estudo sólido. Nenhum estudo encontrou provas credíveis de que as pílulas aumentam o risco de aborto, mesmo em futuras gestações após ter parado o uso dos comprimidos.

Advertência

Caso engravide enquanto estiver tomando as pílulas, pare de tomá-las. Você deve tomar as providências para iniciar o pré-natal e prosseguir com a gravidez ou procurar opções para uma gravidez indesejada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível