Conhecimento

Qual a porcentagem de saturação de oxigênio é normal?

Escrito por william lynch | Traduzido por kelly isay
Qual a porcentagem de saturação de oxigênio é normal?

Os níveis de saturação de oxigênio devem ser medidos o tempo todo

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

O oxigênio é essencial para a vida. Para que as funções corporais sejam executadas apropriadamente, o oxigênio deve estar presente em quantidades adequadas em todo os organismo. O nível de saturação desse gás mede a quantidade de oxigênio carregado pelo sangue. Quando esse valor está muito baixo, isso pode gerar consequências catastróficas. É por isso que hospitais monitoram essa saturação, juntamente com os batimentos cardíacos e a pressão arterial, com o intuito de determinar a condição em que se encontra o paciente.

Fatos

O sangue transporta o oxigênio para o resto do corpo graças à hemoglobina, uma proteína que contém ferro nas células vermelhas sanguíneas. As moléculas de hemoglobina podem carregar, cada uma, até quatro moléculas de oxigênio. A porcentagem do gás carregado no sangue é o que se chama de nível de saturação. Por exemplo, se uma molécula de hemoglobina estiver carregando apenas três de oxigênio, ela está atingindo somente 75% de sua capacidade total. Em uma amostra maior de sangue, 1.000 moléculas de hemoglobina poderiam transportar 4.000 de oxigênio. Se apenas 3.920 estiverem sendo transportadas, isso indica 98% da capacidade total. Portanto, nessa situação, o nível de saturação de oxigênio do sangue equivale a 98%.

Importância

Se o nível de saturação de oxigênio estiver muito baixo, isso significa que quantidades inadequadas de oxigênio estão atingindo os órgãos vitais e as células sanguíneas. Isso pode levar à falência respiratória e, possivelmente, à morte. Embora níveis ideais possam variar dependendo do indivíduo, o nível de saturação do oxigênio para um adulto jovem e saudável tende a ficar entre 95% e 100%. Se esse valor cair para 90%, já é possível que se tenha falência respiratória. Esses dados não permitem um desvio muito grande entre a taxa normal e a fatal, tornando essencial que os médicos e enfermeiras monitorem o nível de saturação de oxigênio o tempo inteiro.

Exame

Um modo preciso e fácil de medir os níveis de saturação de oxigênio é através da oximetria de pulso. Um oxímetro é um pequeno prendedor que é colocado no dedo do paciente. Ele faz piscar duas luzes fortes, uma vermelha e outra infravermelha, através do dedo para medir os níveis de oxigênio sanguíneos. Esse aparelho faz isso ao analisar a cor do sangue arterial, que é vermelho vibrante quando está com altas concentrações de gás oxigênio. Para diferenciar o sangue arterial do resto do tecido em volta, o oxímetro mede a mudança de cor geral em coordenação com com os batimentos cardíacos.

Considerações

Os oxímetros de pulso precisam de batimentos fortes e regulares para registrar uma leitura precisa de oxigenação. As pessoas com pés e mãos geladas podem, às vezes, diminuir o pulso em suas extremidades, levando à imprecisão de dados.

Equívocos

Apesar do que dizem alguns relatórios errôneos, a precisão dos oxímetros de pulso não é afetada quando os pacientes têm anemia ferropriva, anemia falciforme ou bilirrubina no sangue.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media