Mais
×

Quais são as bases da culinária caribenha?

Atualizado em 17 abril, 2017

A culinária caribenha é uma mistura de influências da história da região: ameríndia, africana, europeia e, mais recentemente, indiana. Uma vez que a região compreende ilhas de flora e fauna diversas, assim como diferentes passados coloniais, os pratos variam de ilha para ilha. Porém, há diversos ingredientes básicos que são comuns para todas as regiões, e as ilhas compartilham de uma herança comum de ensopados e pratos como uma forma versátil de usar o que estiver à mão.

Arroz, peixe, plátanos e condimentos são a base da culinária caribenha (Poisson grillé, riz et bananes plantain image by JYF from Fotolia.com)

Arroz e legumes

Arroz é o alimento básico, tanto como acompanhamento quanto em ensopados. É frequentemente temperado com leite de coco. Feijão-fradinho, grão de bico, feijão fava, feijão roxo e lentilhas são usados como base para ensopados ou pratos com arroz e fornecem grande parte da proteína na culinária caribenha. Feijão-fradinho amassado vira bolinhos conhecidos como Accra.

Leite de coco

Usado em muitos pratos, o leite de coco é a base para o mellagee, um ensopado guianês de peixes e vegetais. O prato nacional de Granada, "oil down", é um ensopado de plátano, banana, batata doce, temperos e peixe ou carne, cozidos em leite de coco. Uma sobremesa é preparada recheando folhas de banana com uma mistura de leite de coco, frutas e açúcar, sendo cozidas em seguida.

Frutas e vegetais

Frutas e vegetais são usados de formas variadas e versáteis. Batatas-doces são cozidas, fritas ou batidas em pasta; plátanos podem ser assados, cozidos, fritos ou usados em ensopados - ambos os alimentos são de origem africana. Mangas, abacaxis e mamões (papaya) são usados em sobremesas, bebidas e saladas, mas também para chetnim, condimentos e molhos. Bananas são assadas, fritas ou consumidas verdes. A mandioca é cozida como batata ou assada no pão. A fruta-pão - trazida do Taiti e agora um alimento básico caribenho - é cozido ou assado para em seguida ser transformado em farinha ou cortado em fatias e consumido.

Frutas tropicais são usadas tanto em pratos salgados quanto doces (plateau detoure de fruits tropicaux image by margouillat photo from Fotolia.com)

Carne de cabra, franco e porco

Essas carnes são frequentemente cozidas ou preparadas com curry. Ensopado de cabra, o prato nacional de Montserrat, é uma especialidade em todo o Caribe francês e leva carne de cabra cozida com tomates, mamões verdes de frutas-pão. Cabra com curry, outra especialidade caribenha, é um legado trazido por trabalhadores vindos da Índia.

Frutos do mar

Frutos do mar são usados em ensopados, bolinhos e molhos ao curry em toda a região. Os ingredientes favoritos incluem concha, lagosta e siri. Bolinho de concha é uma especialidade de Belize; "Escabeche de lambi", de Granada, é feito com conchas marinadas em pimentas picantes e limão. A cozinha barbadense inclui peixes voadores.

Peixe salgado

O prato nacional da Jamaica é o peixe salgado com akee. O peixe salgado (bacalhau salgado) foi introduzido por navegantes europeus; akees são frutas africanas, originalmente importadas para alimentar escravos e venenosas quando quase maduras. O peixe salgado é marinado durante a noite e, em seguida, fervido, escamado e refogado com cebola e akees. O prato nacional de Antigua, Duckanoo, é feito com peixe salgado com tomates e vegetais.

Carne-seca

Outro prato tradicional jamaicano é a carne marinada em alho, suco cítrico, sal, temperos, tomilho e cebolas, e assada vagarosamente em fogo aberto.

Curry, temperos e molhos picantes

A culinária caribenha faz uso liberal de condimentos e marinadas temperadas, especialmente pimentão, curry, canela, noz moscada, gengibre e pimentas picantes (scotch bonnets). Temperos que na Europa e na América do Norte são associados com pratos doces são usados com carnes e curry na culinária caribenha. Molho picante é fornecido à mesa para ser adicionado a gosto.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article