Quais são os diferentes tipos de problemas éticos na publicidade?

Escrito por jennifer f. bender | Traduzido por lara scheffer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os diferentes tipos de problemas éticos na publicidade?
Os anúncios carregam uma responsabilidade social com o público geral (Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images)

O objetivo da publicidade é atrair as pessoas para que comprem um produto ou serviço. Os bons anúncios se prendem às pessoas porque são inteligentes ou mostram o produto de uma forma tão positiva que o indivíduo não consegue evitar querer comprá-lo. Muitas pessoas no mercado publicitário declaram a responsabilidade do público geral de fazer decisões éticas sobre publicidade para crianças, falar a verdade e promover a saúde. Com as considerações éticas na publicidade, nem sempre existe uma maneira óbvia certa ou errada de se proceder.

Outras pessoas estão lendo

Responsabilidades sociais

A publicidade engloba uma responsabilidade social com o público geral, ainda que as especificidades dessa responsabilidade nem sempre sejam completamente claras. Por exemplo, se for estipulado que os anúncios geralmente devem mostrar pessoas de uma maneira positiva, isso levanta a questão de como definir uma maneira positiva. O que algumas pessoas consideram ofensivo, pode agradar a outras. Um exemplo disso envolve os anúncios com mulheres. Empresas esportivas mostram mulheres fortes, capazes e atléticas praticando esportes. Alguns outros anúncios retratam as mulheres como sendo simplesmente bonitas de se olhar, o que ofende aquelas que pensam que isso está objetivando as mulheres. A questão ética passar a ser sobre o que a responsabilidade social dessas empresas têm em relação à forma como retratam as mulheres. Não existe resposta certa ou errada.

Crianças

Outro problema ético envolve anúncios feitos para atingir as crianças. Os publicitários precisam saber que crianças podem seguir o exemplo do que veem em um comercial. Elas podem acreditar que o comportamento retratado é aceitável quando, na verdade, é questionável. Por exemplo, um comercial para um produto de beleza mostrando crianças nadando em uma piscina sem a supervisão de um adulto é questionável, considerando questões de segurança para a criança. Elas podem pensar que é correto nadar sozinhas, podendo levar a uma situação perigosa.

Verdade

Por questões éticas, os anúncios devem procurar falar a verdade. As empresas mais conhecidas sempre dizem a verdade em seus anúncios porque possuem um conselho geral, acionistas e comissões regulatórias que monitoram suas atividades. Existem várias consequências legais para a propaganda enganosa. Entretanto, às vezes os anúncios se aproximam do limite. Considere, por exemplo, um comercial mostrando alguém em uma cadeira de rodas e que, segundo o anúncio, possa ser capaz de andar no futuro com a ajuda de uma nova tecnologia médica que está sendo desenvolvida — mesmo que a tecnologia frequentemente não seja eficaz. Isso levanta a questão ética de se esse tipo de publicidade é enganosa, tendo a intenção de confundir o público, ou se é simplesmente uma mensagem cheia de esperança.

Saúde

Anúncios que promovem produtos com efeitos questionáveis na saúde de um indivíduo levanta considerações éticas. Os exemplos incluem álcool, energéticos e cigarros. As propagandas de cigarros foram limitadas pelo governo a um certo tempo, devido às consequências do hábito de fumar. Mesmo que os riscos do consumo excessivo de álcool não estejam em debate, estudos científicos discordam dos efeitos positivos ou negativos do consumo moderado. Também existem estudos controversos sobre os efeitos de energéticos. A questão ética, então, é como (ou se) as empresas devem anunciar produtos com efeitos questionáveis na saúde dos usuários.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível