Em quais formatos pode-se escrever um livro?

Escrito por kelly o'gea | Traduzido por ellen zanelato
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Em quais formatos pode-se escrever um livro?
Há muito formatos de livros (Jupiterimages /Polka Dot/Getty Images)

Quando se escreve um livro, há muitas coisas seram consideradas, como quem será seu público, qual tamanho ele terá e até mesmo se será uma só edição ou vários volumes. Entretanto, antes mesmo de considerar essas questões, você precisa pensar no formato do livro em si, como enredo, tipo de narração, gênero e a classificação.

Outras pessoas estão lendo

Perspectiva de Narração

Uma das primeiras coisas a se considerar quando se revê formatos de livro é a perspectiva de narração. Simplificando, há duas formas de perspectiva narrativa, em primeira e em terceira pessoa. Em primeira pessoa a história é contada pelo ponto de vista de um personagem por meio de quem o leitor testemunha as ações da história. Em terceira pessoa a história não é contada por um personagem em particular, e sim por um ponto de vista objetivo. Há três formas de abordagem quando se trata de narração em terceira pessoa. A primeira é com narrador onisciente, que oferece uma visão completa da história. A próxima é o narrador limitado, que oferece uma visão sob algumas perspectivas. A última é a do narrador comedido, que mostra todas as ações mas não todos os pensamentos dos personagens.

Ficcional ou Não-ficcional

A próxima coisa a se considerar quanto a formatos literários é ficção versus não-ficção. Um livro de ficção é aquele em que os personagens são completamente criados, incluindo as situações e as ações que ocorrem. Já a não-ficção pode ser baseada em eventos reais. Um livro de não-ficção não precisa ser necessariamente sobre quem o escreve; pode ser baseado em situações da vida real ou eventos históricos. Algumas vezes os dois formatos se mesclam formando um só, como quando um evento real é contado por um diálogo imaginado pelo escritor.

Linear ou Não-linear

Outro aspecto a se considerar é a linha do tempo do seu enredo e como você gostaria que as ações do seu livro tomassem forma. Em um enredo linear, os eventos do livro mostram-se do começo para o final, um logo após o outro na exata ordem em que acontecem. Os enredos não-lineares, entretanto, estão ficando muito populares. Os enredos podem começar no final e fazerem todo o caminho de volta ou podem até retratar perspectivas múltiplas de vários personagens que podem ou não ter qualquer correlação.

Gênero

Uma última coisa a se considerar quanto ao formato do livro é o gênero no qual você escreverá. Simplificando, é a escolha entre tragédia ou comédia. Abordando o gênero da tragédia, você pode escrever um tragédia romântica, uma tragédia cotidiana ou mesmo uma vingança, entre outras. As comédias podem ser divididas entre sátira, farsa, romântica e humor negro, que se centra em algo que geralmente não é engraçado, como um funeral ou uma guerra. O gênero do seu livro afeta o diálogo, o enredo e os tipos de personagens, entre outras coisas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível