Quais são os riscos de um empréstimo de taxa variável?

Escrito por tim brugger | Traduzido por josé fabián
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são os riscos de um empréstimo de taxa variável?
Muitos se perguntam se os empréstimos variáveis parecem demasiado bons para serem reais (Polka Dot Images/Polka Dot/Getty Images)

Os empréstimos de taxa variável, às vezes conhecidos como "de taxa ajustável" certamente possuem riscos, quando se relacionam com hipotecas. O que é bastante irônico, é que muitos dos riscos envolvidos nesses tipos de empréstimos são o que os tornam atraentes para os devedores. Embora haja muitos usos para os empréstimos de taxa variável (carro, casa, créditos sem garantia), todos possuem riscos similares.

Outras pessoas estão lendo

Taxas baixas agora, taxas altas depois

Abaixar o valor do pagamento inicial requerido para outorgar um empréstimo de qualquer tipo, permite que muitas pessoas tenham acesso aos fundos que de outra forma poderiam não ter recebido. Como uma das características atraentes de muitos empréstimos de taxa variável são as taxas de interesse iniciais menores, isso geralmente se traduz em mais dinheiro. No entanto, se economizar 1% ou 1,5% agora marcar a diferença entre qualificar e não qualificar, há uma boa probabilidade de que, ao aumentar a taxa, os pagamentos serão difíceis ou impossíveis de quitar.

Períodos de ajuste variáveis

Pedir dinheiro para comprar um carro através de um empréstimo de taxa variável é frequentemente um momento excitante para um indivíduo ou família. Às vezes é tão grande a exaltação, que as pessoas não conseguem entender realmente as condições do empréstimo. Alguns empréstimos variáveis para carros, por exemplo, ajustam as taxas mês a mês. Isso significa que, com cada aumento das taxas, haverá um aumento subsequente nos pagamentos. O que parece ser uma despesa mensal manejável pouco tempo atrás, pode se tornar algo excessivo rapidamente.

Taxas variáveis baseadas em diferentes índices

Entender quais índices determinam a taxa variável e quantos pontos porcentuais são adicionados, o ajudará a quantificar o risco. Muitos empréstimos para carros e hipotecas são baseados na taxa preferencial, uma taxa que os bancos cobram aos "melhores" clientes e está geralmente em 3% por cima da taxa dos fundos federais, o valor que os bancos cobram para emprestar dinheiro entre si. O que muitos credores farão, será oferecer uma taxa preferencial mais um valor "n" porcentual de interesse.

O pior cenário possível

Mais importante do que conhecer o índice, é saber como a taxa variável de um empréstimo pode variar durante o prazo do mesmo. Muitos credores "limitam" o empréstimo em um valor aproximadamente 5% mais alto do que a taxa inicial, até o cancelamento. Quando você começa a fazer as contas, começa a perceber quanto isso pode impactar nos valores dos pagamentos mensais. Por exemplo, se a taxa inicial de um empréstimo variável para um carro for 6% com um pagamento de R$ 500,00 por mês, imagine quão mais alto será se a taxa anual atingir 11%.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível