Quantas vezes deve ser feito um teste de Papanicolau após os 50 anos de idade?

Escrito por debra pulver | Traduzido por deivid assis
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
 Quantas vezes deve ser feito um teste de Papanicolau após os 50 anos de idade?
O Papanicolau é importante para prevenir o câncer de colo de útero (Keith Brofsky/Photodisc/Getty Images)

O Papanicolau é um teste realizado durante o exame ginecológico anual de uma mulher para detectar o câncer de colo uterino. Quando um mulher fica mais velha e teve anos de Papanicolau normais, ela pode querer não fazer a triagem. Isso deve depender de muitos fatores além da idade dela.

Outras pessoas estão lendo

Quando parar

O US Preventative Services Task Force afirma que o risco de contrair o papiloma vírus humano (HPV), que pode provocar câncer de colo de útero, reduz na meia idade. O grupo recomenda a triagem de rotina em mulheres acima dos 65 anos, caso ela tenha exames de Papanicolau prévios normais. A American Cancer Society (Sociedade Americana do Câncer), recomenda parar aos 70 anos. As mulheres que fizeram uma histerectomia total por doença benigna também não precisam mais do teste.

A cada três anos

A partir dos 30 anos de idade, uma mulher pode começar a fazer os exames a cada três anos, em vez de anualmente, se ela já teve três esfregaços normais consecutivos, teste negativo para HPV e está em um relacionamento monogâmico a longo prazo.

Quem precisa do teste

As mulheres com menos de 30 anos e aquelas de qualquer idade, que estejam namorando, estão em risco para o câncer do colo do útero e devem continuar fazendo o exame de Papanicolau anualmente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível