Como se recuperar do armazenamento de serotonina esgotado

Escrito por emily van dyke | Traduzido por pedro santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como se recuperar do armazenamento de serotonina esgotado
Um nível inadequado de serotonina pode levar à depressão (Jupiterimages/Goodshoot/Getty Images)

A serotonina é um neurotransmissor encontrado no trato gastrointestinal, plaquetas e sistema nervoso central. Sintomas do esgotamento de serotonina podem incluir depressão, ansiedade, fadiga, insônia, funções cognitivas debilitadas, controle de impulsos reduzidos e interesse diminuído em atividades que a pessoa costumava apreciar. O déficit de serotonina no sistema nervoso central pode se manifestar de diversas formas, desde períodos de tristeza passageiros até depressão em longo prazo. Sono disfuncional e sonolência durante o dia também são sintomas comuns. A pessoa afetada pelo problema pode ter dificuldade em adormecer, dificuldade em continuar dormindo ou se sentir cansado mesmo depois de uma noite completa de sono. A recuperação da serotonina esgotada pode levar entre seis a oito semanas.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Antidepressivo receitado pelo médico (opcional)
  • Alimentos com alto teor de proteína (opcional)
  • Alimentos com alto teor de ácidos graxos ômega 3 (opcional)
  • Alimentos ricos em carboidratos complexos (opcional)

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Fale com seu médico principal ou psiquiatra sobre antidepressivos vendidos com receita médica. Eles desempenham um papel fundamental na restauração dos níveis de serotonina. Trabalhe com seu médico para determinar qual dos muitos antidepressivos disponíveis no mercado pode ser adequado para você. Antidepressantes incluem os inibidores seletivos de reabsorção (SSRIs), inibidores de monoamina oxidase (MAOIs) e antidepressivos tricíclicos (TCAs), os quais aumentam os níveis de serotonina e sinapses cerebrais. Tais inibidores, incluindo Paxil, Zoloft e Prozac, são os antidepressivos mais comumente receitados. Os remédios antidepressivos podem ter efeitos diferentes em pessoas diferentes. Caso seu médico receite um antidepressivo e seus sintomas não melhorarem depois de seis a oito semanas de dose diária, peça que ele troque de remédio. Diga também se você toma outros suplementos ou realiza outros tratamentos para depressão.

    Como se recuperar do armazenamento de serotonina esgotado
    Antidepressivos podem repor o nível de serotonina (Creatas Images/Creatas/Getty Images)
  2. 2

    Faça exercícios para melhorar seu humor e estimular a produção de serotonina. Com exercícios regulares de 20 a 30 minutos por dia, cinco vezes por semana, você trabalha para a restauração natural de seus níveis de serotonina em seu cérebro. Comece gradualmente se não estiver acostumado a fazer exercícios regulares. Adote uma agenda regular e uma rotina para ajudar a incentivar um estilo de vida ativo, que pode ajudar a diminuir os sintomas da depressão. Se você ainda não pratica ioga, considere fazer uma aula e foque nos exercícios de respiração para promover a produção de serotonina.

    Como se recuperar do armazenamento de serotonina esgotado
    Exercício é um modo natural de ajudar você a triunfar sobre a falta de serotonina (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)
  3. 3

    Consuma alimentos com alto teor de proteínas, ácidos graxos ômega 3 e carboidratos complexos. Ao incluir bastante proteína em sua dieta, você assegura que seu corpo tenha os ingredientes básicos necessários para produzir a serotonina suficiente. Ovos, peixe, frango, sementes e queijo cheddar contém triptofano, que é o aminoácido precursor da serotonina. Além disso, pesquisas preliminares sugerem que uma dieta rica em ácidos graxos ômega 3 pode ajudar a afastar a depressão. Coma peixes, nozes, vegetais verdes folhosos para aumentar o nível de ômega 3. Consuma carboidratos complexos como pão integral, cereal integral, frutas frescas e vegetais para estimular a produção de serotonina naturalmente.

Dicas & Advertências

  • Apesar de serem muitas vezes cruciais no tratamento de depressão séria, os antidepressivos não estão isentos de efeitos colaterais. Efeitos colaterais comuns dos antidepressivos incluem ganho de peso e queda do impulso sexual.
  • Combinar diversos remédios com receita e remédios vendidos sem receita podem potencialmente colocar um paciente em risco de desenvolver a síndrome da serotonina. Uma overdose intencional de SSRIs ou interações não desejadas entre medicamentos podem colocar um paciente em risco. Os sintomas incluem febre alta, rigidez muscular, aceleração do batimento cardíaco e convulsões. Por esses e outros motivos, é importante contar a seu médio tudo a respeito de remédios vendidos sem receita, remédios alternativos ou remédios vendidos com receita que você já toma quando considerar a ideia de tomar antidepressivos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível