A relação genética entre cães e lobos

Escrito por danielle henley | Traduzido por vanessa arnaud
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
A relação genética entre cães e lobos
Como os cães estão ligados aos lobos geneticamente? (Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images)

Mais de 70 milhões de cães americanos oferecem às famílias sua lealdade e companhia. A relação genética entre estes cães e seus ancestrais lobos é muito mais próxima do que a maior parte dos donos imagina. Os cães domesticados são denominados "canis lupus familiars", e, os lobos, "canis lupus". Ainda que cães e lobos sejam espécies diferentes, pertencem ao mesmo gênero ou linhagem biológica.

Outras pessoas estão lendo

Como os cães europeus se desenvolveram a partir de lobos

A proximidade genética entre cães e lobos vem do ancestral comum que as duas espécies compartilham. Os cães começaram a interagir com os humanos cerca de 30.000 anos atrás. Os fósseis pré-históricos encontrados em uma caverna belga sugerem que os europeus foram os primeiros seres humanos a domesticarem cães. O paleontologista belga Mietje Germonpré acredita que alguns filhotes ficaram órfãos quando seus pais lobos foram mortos, e foram então levados a acampamentos de humanos e criados como animais de estimação e utilizados para o trabalho. A tarefa destes cães, que se assemelham ao pastor alemão atual, incluíam ajudar seus donos a caçar e transportar a caça. Após 10 gerações vivendo com os humanos, estes animais gradualmente se tornaram os ancestrais dos cães que conhecemos nos dias de hoje.

Lobos do Oriente Médio e a genética dos cães

Um grupo da Universidade da Califórnia pesquisou pelas similaridades entre os DNAs dos cães e lobos. Utilizando métodos desenvolvidos para identificar doenças no DNA humano, coletaram, analisaram e compararam o DNA de lobos de alcateias de todo o mundo com o DNA coletado de raças caninas domesticadas como boxers e poodles. Este grupo de pesquisadores concluiu que os cães e lobos do Oriente Médio são muito parecidos. O biólogo Dr. Robert K. Wayne, líder do grupo, acredita que os lobos seguiram tribos nômades desta área e se alimentavam de tudo o que era descartado. Esta relação de benefício mútuo se desenvolveu conforme lobos menores e menos agressivos se tornaram dependentes de humanos e passaram a proteger aqueles que os alimentavam. Wayne acredita que uma vez que estes povos nômades passaram a se fixar no espaço, acabaram causando o cruzamento seletivos dos lobos menores e mais amigáveis.

Semelhanças e diferenças genéticas

"Lobos e cães possuem 78 cromossomos organizados em 39 pares", de acordo com Robert A. Willems, da USDA Veterinary Medical Officer. Ele acrescenta: "Os lobos são fisicamente diferentes dos cães porque apresentam um número de genes localizados nestes cromossomos que codificam características de lobos, que os cães não possuem". Não é possível dizer exatamente o quanto de DNA semelhante ao lobo um cão possui, pois os cientistas ainda não descobriram a localização destes genes nos cromossomos. Na opinião de Robert, há uma semelhança de 99% entre as duas espécies. Como um exemplo de como isto funciona, Willems explica que a espécie humana e os chipanzés apresentam 98% de similaridade.

Explicando as diferenças genéticas

"A constituição do DNA de lobos e cães é quase idêntica", de acordo o artigo da National Geographic "Wolf to Woof; The Evolution of Dogs." Os lobos ainda são animais carnívoros e selvagens, e cães domesticados são animais de estimação para os humanos. O Dr. Wayne acredita ter encontrado a explicação genética para a origem destas criaturas selvagens em áreas frias, pesquisando por sinais de cruzamento seletivo nos DNAs se cães e lobos coletados. Ele acredita que os genes responsáveis pela memória e agregação dos cães contém a pista, uma vez que os lobos não conseguem interpretar a linguagem corporal humana da forma que os cães domesticados fazem.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível