Semelhanças e diferenças entre rock e música clássica

Escrito por ron augustine | Traduzido por josue romao
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Semelhanças e diferenças entre rock e música clássica
Guitarra (bass-guitar image by terex from Fotolia.com)

Apesar de o rock e a música clássica aparentarem ser dois estilos de música bem diferentes, existem muitas semelhanças entre os dois. Na realidade, o rock surgiu da música ocidental. Isso ocorreu séculos depois desta ter sido criada pelos músicos clássicos. O rock não soaria da forma como é se não fosse por causa dos seus precursores da música clássica.

Outras pessoas estão lendo

Melodia

Possivelmente, o personagem mais importante da música clássica é Ludwig Van Beethoven. Ele era uma estrela do rock um século e meio antes do rock existir. Logo depois de Mozart, Beethoven continuou a compor músicas que são facilmente reconhecidas por qualquer ouvido. Beethoven enfatizou a melodia para os ouvintes. Ritmos fortes, notas simples e músicas facilmente reconhecidas foram as especialidades de Beethoven. As músicas de Beethoven ainda são muito utlizadas atualmente em filmes, programas de TV e comerciais (principalmente a quinta e a nona sinfonia). Entretanto, no fim do século 20, os músicos do rock usaram as mesmas técnicas. Até mesmo a Electric Light Orchestra utilizou a introdução da quinta sinfonia de Beethoven na sua versão de "Roll Over Beethoven". A música começa com a melodia familiar tocada com cordas, mas em seguida muda para a guitarra, bateria e vocais selvagens. A energia da quinta sinfonia de Beethoven assim como nos sons do rock & roll da Electric Light Orchestra, é a mesma. E isto se deve ao fato de que ambos dependem de melodias fortes para transmitir a música aos ouvintes.

Tempo

Um mito sobre a música clássica é que ela é chata e lenta, pois a música de Beethoven era tudo, menos chata. A atenção dos ouvintes era atraída pelo seu uso de tempo e ritmo. Uma boa música de rock faz exatamente a mesma coisa. O uso do tempo correto faz com que uma pessoa pare para ouvir o que está sendo tocado, e tanto os artistas da música clássica quanto do rock fazem isso. Normalmente o rock usa uma estratégia mais agressiva para o ritmo, com os bateristas mantendo uma batida firme e constante durante toda a música. Para as músicas de rock & roll, ritmos e tempo mais gritantes são necessários com mais frequência. Para a música clássica, sempre tem um tempo, mas esse sempre é controlado pelo maestro. Apesar de nem sempre ser ouvido, o tempo faz a música se mover firme e compassada.

Acordes

A progressão dos acordes na música clássica e no rock é muito similar. Ambos estilos começam normalmente com um gancho seguido por um verso ou dois, finalizando com o refrão. Essa jornada musical é bem menor no rock, e essa é a principal diferença. O desenvolvimento até o refrão acontece da mesma forma em ambos estilos, mas a música clássica alonga versos e refrões por períodos mais longos. Uma música de rock dura entre três e cinco minutos, enquanto um único movimento de uma sinfonia dura oito ou dez minutos (ou até mais). Se uma pessoa fosse tocar uma peça clássica em tempo duplo, ela soaria como uma música de punk rock em termos de progressão dos acordes. Ambos estilos também podem apresentar uma ponte, que é a parte que conecta o verso ao refrão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível