Semelhanças entre plantas C3 e C4

Escrito por jacob j. wright | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Semelhanças entre plantas C3 e C4
Tanto as plantas C3 como as C4 tipicamente não vivem em habitats quentes e áridos (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

As plantas fabricam os próprios carboidratos para abastecer seu crescimento e metabolismo em um processo chamado fotossíntese. Nem todas as espécies de plantas conduzem a fotossíntese da mesma maneira ou nos mesmos locais. Os cientistas fazem a distinção entre as tipologias de fotossíntese das plantas, rotulando-as de C3, C4 e CAM, que são acrônimos simplificados descrevendo o uso primário do átomo de carbono pela planta. Existem várias semelhanças entre as plantas C3 e C4, ainda que seus processos de fotossíntese não sejam totalmente os mesmos.

Outras pessoas estão lendo

Período de fotossíntese

A fotossíntese inclui múltiplas reações químicas que ocorrem nas células foliares. Essas reações que requerem a energia da luz solar só ocorrem nas horas de plena luz do dia, sendo chamadas de maneira apropriada de reações diurnas. Ocorrem outras reações, independentemente da presença da luz solar, durante 24 horas por dia. São referidas como reações noturnas, ainda que não cessem durante o período diurno.

Troca gasosa

As plantas C3 e C4 transpiram - a troca de oxigênio, dióxido de carbono e vapor d'água - através de poros nas folhas chamados estômatos. A maioria dos estômatos se encontra nas laterais internas das folhas e tem tamanho microscópico. Ambos os tipos de plantas abrem seus estômatos durante as horas do dia, quando estão ocorrendo tanto reações diurnas como noturnas. Os estômatos abertos ajudam a liberar gases e vapor em um esforço de resfriar fisicamente as folhas que acumularam calor por absorção de comprimentos de onda infravermelhas à luz do sol.

Uso de carbono não ácido

Enquanto as plantas CAM convertem primeiro as moléculas de dióxido de carbono absorvidas à noite em ácido - chamado malato - e o armazenam durante a noite, as plantas C3 e C4 não transformam nem armazenam átomos de carbono e oxigênio no dióxido de carbono dessa maneira. Em vez disso, usam o dióxido de carbono absorvido de forma não ácida, seja em um composto de três carbonos, C3, ou em um composto de 4 carbonos, C4. A estrutura desses compostos que contém carbono não ácido é que confere a essas plantas a rotulação de C3 ou C4.

Uso de enzimas

O número e tipo das enzimas usadas diferem nas plantas C3 e C4. Essas enzimas ligam-se e são o meio de movimentação do dióxido de carbono absorvido através dos estômatos para as células que conduzem a fotossíntese. Enquanto as plantas C4 usam a fosfoenolpiruvato carboxilase, a PEP carboxilase, para ligar e transportar o dióxido de carbono, as plantas C3 usam ribulose 1,5-bifosfato carboxilase oxigenase, a RuBisCo. No entanto, a PEP carboxilase, nas plantas C4, libera molécula de gás para RuBisCo. Portanto, ambos os tipos de plantas utilizam RuBisCo durante seus processos de fotossíntese.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível