Para que serve o teste de Lugol?

Escrito por cl hendricks | Traduzido por thomas anderson

Em 1829 o médico francês Jean Guillaume Auguste Lugol criou uma solução de iodeto de potássio e iodo elementar em água destilada. Nomeada de iodo de Lugol, a solução foi usada como desinfetante, antisséptico e para desinfetar água potável em casos de emergência. Ao longo do tempo descobriu-se que o iodo de Lugol é útil para testar uma série de coisas. Desde testes para amido, rastreio de células cancerígenas vaginais a caracterização da função tiroidiana, o iodo de Lugol tem sido tanto diagnóstico quanto preventivo.

Outras pessoas estão lendo

Teste para amidos

Frutas, vegetais e outros compostos orgânicos que contêm carboidratos de amido podem ser identificados com a aplicação de iodo de Lugol. Se os carboidratos estiverem presentes nos compostos, se tonarão pretos ou azuis escuros quando o iodo de Lugol for aplicado. Amidos mais fáceis de identificar são os provenientes de plantas como amilase e amilopectina, ou glicogênio presente em células animais.

Rastreio para câncer

Quando anormalidades da parede do cérvice uterino ou do canal cervical são detectadas durante uma rotina de Papanicolau, uma colposcopia (conhecida como teste de Schiller) pode ser solicitada. Na realização do segundo teste, uma solução semelhante ao vinagre é aplicada ao canal cervical e cérvice uterino, após o qual a solução de Lugol é aplicada. Quando a solução de iodo é aplicada em tecidos saudáveis eles se corarão em marrom. Apesar de a aplicação de iodo de Lugol, as células anormais aparecerão amarelas ou brancas. Se o tecido anormal for confirmado pelo teste de Schiller, será biopsiado e enviado ao citopatologista (especialista em diagnóstico de doenças celulares) para identificação.

Iodo e função tireoidiana

Sem iodo suficiente, a tireoide não pode produzir hormônios em quantidade adequada para uma boa saúde. Essa deficiência de iodo é responsável por bócios que aparecem quando a glândula carente de iodo começa a crescer na tentativa de captar mais iodo do corpo. O bócio pode aumentar para o tamanho de uma laranja ou ainda maior, na face anterior do pescoço, embaixo do queixo. Isso se tornou evidente em Michigan, Estados Unidos, na década de 1930, quando cerca de 40% das pessoas tinham bócio devido à falta de iodo no solo. Em 1924, o iodo foi incrementado ao sal de cozinha e introduzido pela primeira vez em Michigan e em outros grandes lagos e planícies que formavam o "cinturão do bócio" nos Estados Unidos. Por volta de 1940 o sal iodado já era de uso rotineiro, entretanto até hoje a deficiência de iodo ainda é encontrada em algumas partes do mundo.

Testes para absorção de iodo

Atualmente é fácil realizar um simples experimento e ver se seu corpo tem iodo suficiente para garantir a produção de hormônios tireoidianos. Mesmo aqueles que têm o diagnóstico de hipotireoidismo e fazem uso de suplemento oral de hormônios tireoidianos podem testar os níveis de iodo. Níveis insuficientes de iodo podem impedir que até mesmo os hormônios tireoidianos suplementares sejam efetivos. Pode-se comprar solução de iodo de Lugol em farmácias locais ou ainda obtê-la on-line sem prescrição médica. O teste da tireoide com iodo de Lugol é um estudo fácil que você pode fazer e que não necessita de um médico auxiliando. Utilize um conta-gotas ou pincel para pintar uma área de 10 cm na barriga ou no tórax. Observe atentamente ao longo de 24 horas. Se a coloração sair em menos de 24 horas significa que o iodo foi absorvido pelo corpo e a tireoide está com carência dessa substância. Neste caso você apresenta deficiência de iodo. O mesmo teste pode ser usado para corrigir os níveis de iodo. Como a deficiência de iodo faz com que a mancha de iodo seja absorvida rapidamente, você pode começar a "alimentar" seu corpo com o iodo de que ele precisa. Quando a mancha desaparecer reaplique o iodo de Lugol novamente e continue observando para ver se a área pintada com a solução desaparece. Gradualmente, assim que o corpo absorve o iodo que precisa, a mancha da solução levará mais tempo para desaparecer. Se ela estiver visível por mais de 24 horas, pare o teste. O corpo já deve ter a quantidade de iodo suficiente para ajudar na produção adequada de hormônio tireoidiano ou para usar como suplementação de hormônios da glândula em questão.

Cuidado

Se tiver o diagnóstico de hipertireoidismo ou uma tireoide hiperreativa, NÃO use o iodo de Lugol para realizar testes de função tireoidiana. Seu corpo já está produzindo mais do que o necessário de hormônios tireoidianos.

Observação

O teste da tireoide com iodo de Lugol deve ser repetido em períodos mensais se você estiver sendo tratado de hipotireoidismo ou de tireoide pouco reativa.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media