Sintomas da abstinência de Prozac

Escrito por laura dixon | Traduzido por laila teixeira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sintomas da abstinência de Prozac
Um número cada vez maior de usuários lida com sintomas de abstinência quando reduzem a dosagem da fluoxetina ou param de tomá-la (Thomas Northcut/Photodisc/Getty Images)

O uso de antidepressivos aumentou muito desde seu surgimento nos anos 50, e um número cada vez maior de usuários lida com sintomas de abstinência quando reduzem a dosagem da droga ou param de tomá-la. Um dos antidepressivos mais populares é o Prozac, às vezes substituído por sua forma genérica, a Fluoxetina. A maioria dos usuários de Prozac sente alguma forma de abstinência com a diminuição da dosagem ou interrupção do tratamento, mesmo se a dosagem usual for baixa.

Outras pessoas estão lendo

Identificação

Os sintomas da abstinência de Prozac costumam aparecer logo após a redução da dose ou da interrupção do tratamento - dentro de horas, dias ou meses. Caso esses sintomas desapareçam após o paciente voltar a tomar a antiga dosagem, pode-se ter certeza de que ele estava sofrendo de abstinência e não de uma recidiva da doença original. Costumeiramente, a abstinência inclui elementos inexistentes nos sintomas causados pela doença original.

Decurso de tempo

A abstinência do Prozac pode ter início em algumas horas após o último comprimido ter sido ingerido, mas a maioria das pessoas relata que os sintomas começaram a aparecer no dia seguinte ou depois disso. Outros pacientes sentem os primeiros sinais da síndrome de abstinência dias ou semanas depois de terem tomado sua última dose. Indícios da abstinência do Prozac costumam durar em média uma semana em casos brandos, onde a dosagem prescrita é baixa. Outros podem sofrer com os sintomas por semanas ou meses após sua derradeira pílula.

Tipos

Há cinco tipos documentados de abstinência do Prozac. A primeira dessas categorias é a psiquiátrica, envolvendo sintomas como ansiedade, irritabilidade, insônia, instabilidade de humor e problemas de memória e concentração. O segundo tipo é neurológico e pode incluir a sensação de estar com a cabeça leve, tonturas, vertigem, dores de cabeça e formigamento. Sintomas de abstinência que afetam o sistema motor abrangem tremores, distonia e instabilidade ao caminhar, enquanto sintomas psicossomáticos de abstinência incluem fadiga, sudorese e calafrios. Por último, sinais gastrointestinais da abstinência de Prozac como náuseas, diarreia e vômito podem surgir.

Aviso

Sintomas de abstinência do Prozac ou de seu genérico devem ser monitorados por um profissional de saúde. Um médico pode orientar seus pacientes acerca de que forma e em que momento eles podem reduzir a dose de Prozac a fim de evitar os sintomas da abstinência o máximo possível. Trabalhe em equipe com seu médico enquanto você diminui a dosagem da substância para evitar o surgimento de sintomas graves de abstinência ou uma interrupção repentina que possa causar danos à saúde.

Prevenção/solução

Além do plano do profissional de saúde para acabar com o uso de Prozac ou substituí-lo por outro remédio, há certas ervas que podem ajudar a combater os sintomas de abstinência. Esses medicamentos naturais incluem citrus, peônias brancas, ginseng, fu-shen, tang-kuei e polygala. A maioria dessas ervas vitaliza a circulação de sangue e aplaca os nervos, resolvendo alguns dos sintomas de ansiedade mais comuns.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível