Sintomas de conjuntivite viral

Escrito por jane williams | Traduzido por letícia melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A conjuntivite viral é comumente conhecida como olho-de-rosa. Ela resulta de uma inflamação ou infecção da membrana transparente que cobre a parte branca do olho e a parte interna de suas pálpebras. Isso faz com que os vasos sanguíneos na superfície do olho se dilatem, deixando com uma coloração rosada.

Outras pessoas estão lendo

Riscos

A conjuntivite viral é muito contagiosa e pode se espalhar de uma pessoa para outra rapidamente. Tanto crianças quanto adultos estão sujeitos a contrair a doença.

Sintomas

Ela afeta geralmente apenas um dos olhos, mas pode facilmente se espalhar para o outro. Os sintomas incluem lacrimejamento excessivo, coceira e pústula nas pálpebras durante o sono.

Diagnóstico

O olho-de-rosa é diagnosticado pegando uma amostra da pústula e criando uma cultura a fim de determinar a causa inicial com precisão.

Tratamentos

Não há cura para a conjuntivite viral, então o tratamento envolve controlar os sintomas no decorrer da doença, que normalmente dura cerca de três semanas. Compressas frias e soluções salinas geralmente aliviam a maior parte do desconforto, enquanto os casos mais complicados podem precisar de gotas de esteroides.

Prevenção/solução

Sabendo que a conjuntivite viral é muito contagiosa, seguir procedimentos de senso comum ajudará a diminuir as chances de contrair a doença. Lave as mãos com frequência e não compartilhe produtos, como rímel ou colírio, com os outros. Evite também compartilhar toalhas de mão, panos pra secar o rosto ou fronhas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível