O sistema respiratório das tartarugas

Escrito por john london | Traduzido por vanessa arnaud
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O sistema respiratório das tartarugas
Tartarugas são criaturas de movimentos lentos que apresentam pequenas patas palmadas (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

As tartarugas são répteis aquáticos de sangue frio caracterizados pelo casco duro que carregam nas costas, que funciona como proteção contra predadores. O bico afiado é usado para cortar e romper superfícies. As tartarugas, umas das mais antigas criaturas conhecidas, datam de mais de 200 milhões de anos atrás. Atualmente, estão ameaçadas pela influencia dos humanos, especialmente por atividades de caça.

Outras pessoas estão lendo

Anatomia

O sistema respiratório de uma tartaruga vai da boca ao pulmão. A boca inspira o oxigênio, que segue pela faringe e passa pela glote. A glote, uma pequena passagem logo após a faringe, funciona como uma barreira entre a faringe e a laringe e previne que a água do mar entre nos pulmões. Após a glote, está a traqueia, que leva aos brônquios, posteriormente subdivididos em dois tubos bronquiais conectados aos pulmões. Os pulmões das tartarugas localizam-se sobre outros órgãos vitais, logo abaixo do casco.

Respiração

A boca suga o oxigênio, que passa por todo o sistema até alcançar os pulmões. Os outros órgãos do animal exercem pressão sobre os pulmões durante a respiração, atuando como um fole, e expelem dióxido de carbono de volta para o sistema respiratório. Os pulmões podem ser inflados e estocar oxigênio para flutuação ou longos períodos sob a água.

Pulmões

Quando o ar entra pelos pulmões rosados e esponjosos, os tubos bronquiais ramificam-se em tubos menores, chamados bronquíolos. Eles tornam-se cada vez mais finos e ramificados até terminarem em alvéolos ou sacos alveolares, onde as trocas gasosas se processam. O oxigênio é absorvido para o sangue e o dióxido de carbono expelido.

Adaptações

Em emergências, tartarugas marinhas podem respirar pela cloaca, uma pequena cavidade situada na cabeça. Tartarugas de couraça flexível podem ajustar sua taxa respiratória para recuperarem-se mais rapidamente de longos períodos de submersão. As tartarugas de couro e as tartarugas comuns apresentam altos níveis de hemoglobina e mioglobina que permitem que transportem oxigênio mais rapidamente pelas vias respiratórias.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível