Família

Como saber se sua cadela prenhe está com dificuldades para dar à luz?

Escrito por bethney foster | Traduzido por elisa lacerda de freitas
Como saber se sua cadela prenhe está com dificuldades para dar à luz?

Como saber se sua cadela prenhe está com dificuldades para dar à luz?

Comstock/Comstock/Getty Images

A maioria das cadelas passa por um parto sem quaisquer complicações e, mesmo quando uma fêmea tem a primeira ninhada, o instinto a dirá o que fazer e como cuidar dos filhotes. No entanto, se sua cadela estiver prenhe, você deve conhecer os indícios de que ela precisa de ajuda para dar à luz. Esteja preparado para tornar o parto o mais tranquilo possível para seu animal de estimação e procure assistência veterinária se algo der errado.

O que você precisa?

  • Calendário
  • Caneta
  • Termômetro
  • Relógio
  • Toalhas limpas

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Estipule a data da concepção dos filhotes com a maior precisão possível. A gestação normal é de 63 dias. Se sua cadela começar o trabalho de parto mais de uma semana antes, ou não começar dentro de 69 dias após a concepção, isso pode ser um problema. Anote a data da concepção em um calendário.

  2. 2

    Verifique a temperatura da cadela quando se aproximar o final da gestação. Registre no calendário as leituras de temperatura, que devem ser medidas por via retal. Dentro de 24 horas após o inicio do trabalho de parto, a temperatura do animal ficará abaixo de 37 °C. Se ela não tiver começado o trabalho de parto e a temperatura corporal tiver baixado há mais de 24 horas, você deve levá-la ao veterinário imediatamente. Se a temperatura ficar acima de 39 °C nos dias anteriores ou posteriores ao parto, você também deve procurá-lo.

  3. 3

    Anote o horário em que o trabalho começar. A cadela ficará agitada e ansiosa. Ela pode resfolegar, andar de maneira inquieta e, provavelmente, rejeitará a comida. Ela começará a fazer um ninho, arrastando roupas ou tecidos para fazer um leito. Se mais de 24 horas se passarem após o início do trabalho de parto e ela não tiver começado a dar à luz, entre em contato com um veterinário.

  4. 4

    Anote o horário em que a cadela entrar na segunda etapa do trabalho de parto. Nesse ponto, ela terá fortes contrações e fará esforços para empurrar seus filhotes para fora, de forma semelhante ao movimento intestinal. Se o primeiro filhote não tiver nascido dentro de duas horas após o início da segunda fase, você deverá procurar um veterinário.

  5. 5

    Esteja preparado para ajudar a mãe a limpar seus filhotes, mas não interfira, a menos que ela não possa fazer isso por conta própria. Assim que o filhote nascer, a mãe deve limpá-lo com lambidas. Se isso não ocorrer, há algum problema e será preciso agir rapidamente. Retire a membrana amniótica do rosto do filhote e limpe os fluidos do nariz e da boca. Esfregue bem o cãozinho, usando toalhas limpas e mornas.

  6. 6

    Registre o horário do nascimento de cada filhote. Se mais de quatro horas tiverem passado após o último filhote ter sido parido e você desconfiar que pode haver mais algum que ainda não tenha saído, entre em contato com um veterinário imediatamente. Se a mãe fizer força por mais de uma hora sem dar à luz nenhum filhote, você também deve procurar um profissional.

  7. 7

    Observe o número de placentas que a cadela expele. Se houver menos placentas do que filhotes, você deve procurar um veterinário. Se uma placenta permanecer no útero, a cadela ficará doente.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media