Técnicas para administração de vermífugos em cavalos

Escrito por allison travis | Traduzido por larissa frança
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Técnicas para administração de vermífugos em cavalos
A administração de um vermífugo para cavalos é vital para a manutenção da saúde do animal (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

A administração de vermífugos é parte vital de qualquer programa de como lidar com cavalos. Os parasitas internos diminuem a resistência do animal à doenças, roubam os nutrientes valiosos e podem causar irritação gastrointestinal. Em casos extremos, eles podem levar a cólicas, rupturas intestinais e até mesmo a morte. A chave para a administração de vermífugos bem sucedida é assegurar-se de que o produto seja administrado na hora correta e com a dose adequada seja completamente consumida pelo animal. As pastas orais e vermífugos aditivos em alimentos têm se tornado amplamente usados já que são convenientes e de fácil administração.

Outras pessoas estão lendo

Vermífugo rotacional usando pasta oral

O método mais amplamente usado para vermifugação pelos donos de cavalos é a rotação de produtos em pasta oral administrados anualmente. Eles estão disponíveis na forma de seringas na sua loja local de alimentos e são fáceis para os donos administrarem. Tipicamente, eles são dados a cada seis ou oito semanas e contêm fenbendazole, ivermectina, pamoato de pirantel e ivermectina/praziquantel para tratar as vermes. Dependendo da idade e saúde do seu cavalo, das condições da sua fazenda e pasto e da exposição do animal a parasitas, seu veterinário prescreverá a programação de rotação mais eficaz para o seu cavalo.

Vermifugação rotacional usando um tubo nasogástrico

Os medicamentos de vermifugação rotacionais também podem ser administrados usando um tubo nasogástrico. Esse método utiliza os mesmos químicos que a pasta oral, mas a medicação é dada através de um tubo inserido nas passagens nasais passando pelo esôfago até o estômago. A vantagem de usar esse tubo em vez da pasta oral é que o veterinário pode assegurar que a dose adequada foi entregue diretamente no estômago do cavalo. Ele é útil em animais que não gostam do sabor do vermífugo e tendem a cuspi-lo. Entretanto, o tubo pode causar desconforto ao animal quando inserido e a administração requer a assistência do veterinário para ter certeza de ele seja inserido de forma adequada e segura.

Administração diária de vermífugos através de aditivos nos alimentos

Alguns donos de cavalos preferem uma dose diária de vermífugo já que é um método conveniente de administração. O medicamento é adicionado à alimentação do animal uma vez ao dia. Esse método ajuda a controlar os parasitas durante todo o ano. O Strongid é frequentemente recomendado pelos veterinários como um vermífugo diário. Além do remédio diário, a maior parte dos profissionais recomendam duas doses da pasta oral de ivermectina e ivermectina/praziquantel na primavera e outono para evitar os vermes. Como uma alternativa aos vermífugos aditivos químicos, alguns donos de cavalos estão mudando para uma fonte natural no controle de parasitas, tais como terra de diatomáceas. Ela pode ser dada aos animais para controle natural de parasitas internos e externos, entretanto esses produtos não são amplamente aceitos pelos veterinários e devem ser usados com cuidado já que testes substanciais não foram realizados sobres os efeitos do aditivo.

Vermifugação estratégica

A vermifugação estratégica envolve realizar uma análise fecal para identificar a contagem de ovos de parasitas em amostras das fezes do cavalo para determinar quando a vermifugação é necessária. Dependendo dos resultados do teste fecal, o veterinário prescreverá o tratamento adequado. Uma vez que um tratamento inicial tenha sido concluído, a maioria dos profissionais recomendam exames anuais para monitorar o crescimento de parasitas no animal. Esse método está crescendo em popularidade já que os parasitas estão desenvolvendo resistência a muitas pastas orais de venda livre devido à administração rotacional contínua. A vermifugação estratégica ajuda o dono do cavalo a evitar a super-medicação e aumenta a eficácia da droga das pastas orais. O lado ruim desse método é que requer visitas regulares do veterinário.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível