Técnicas de arte no Egito antigo

Escrito por carolyn enright | Traduzido por leandro fox
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Técnicas de arte no Egito antigo
A arte egípcia é facilmente reconhecida (egyptian tile image by Karin Lau from Fotolia.com)

A arte egípcia antiga, uma das mais conhecidas e influentes formas de arte no mundo, é caracterizada por suas representações planas e bidimensionais do faraó e da vida ao longo do Nilo. Abrangendo um período que começou três mil anos antes do nascimento de Cristo e se estendeu através do terceiro século, essa arte foi criada por artesãos vinculados a um rigoroso conjunto de regras que inibiam qualquer tipo de criatividade ou de expressão artística. Essas regras são evidentes em todas as antigas formas da arte egípcia, desde as grandes pirâmides inspiradoras até a mais humilde cerâmica.

Outras pessoas estão lendo

Equilíbrio e simetria

Os antigos artistas egípcios utilizavam o equilíbrio e a simetria para criar composições artísticas altamente organizadas e de fácil compreensão. Eram usados ​​grandes painéis de cor lisa, formas simples e contornos claramente definidos para criar cenas horizontais chamadas de registros. Treinados para produzir a arte que ressoou com ordem e clareza, os artesãos egípcios não tinham interesse em capturar a emoção ou criar ilusões de profundidade e atmosfera.

Proporções métricas

Antes de iniciar qualquer pintura ou escultura, os artistas egípcios desenhavam linhas de grade horizontais e verticais na superfície para criar proporções precisamente iguais. As proporções do corpo humano foram marcadas com a proporção da largura da palma da mão, sendo 18 palmos o tamanho do corpo humano da cabeça aos pés. A utilização dessas linhas de grade resultou na arte que exibe notável ordem e uniformidade.

Escala

O tamanho indicava a importância ou o status social. Os reis eram, geralmente, retratados em proporções maiores que as reais, simbolizando seu poder divino. As esposas, outros membros da família, funcionários e até mesmo árvores e elementos arquitetônicos eram reproduzidos ​​em menor escala para refletir sua importância relativa.

Múltiplos pontos de vista

Artistas egípcios usavam ​​múltiplos pontos de vista para mostrar cada característica mais detalhadamente em superfícies planas. Por exemplo, as pernas e os braços das pessoas eram desenhados de uma visão lateral, enquanto os ombros eram mostrados para a frente. As cabeças egípcias eram desenhadas em perfil, mas os olhares sempre eram para frente.

Cor e simbolismo

As cores tinham significados simbólicos na arte egípcia. Azul e verde simbolizavam água, o Nilo e a vida; amarelo e ouro representavam o sol e o deus sol; e vermelho e laranja estavam associadas a força e vitalidade. Os símbolos naturais, como o sol, animais, pássaros, insetos e o Nilo, muitas vezes representavam deuses e deusas egípcios.

Detalhes naturais

Os egípcios davam pouca atenção ao tamanho real das pessoas e das coisas mostradas em sua arte, porém, foram meticulosos nos detalhes do mundo natural. Isso pode ser visto no cuidado dado à precisão da anatomia humana e, mais notavelmente, em representações meticulosamente detalhadas dos animais.

Hieróglifos

Os hieróglifos, a escrita egípcia com base em imagens e símbolos, e a arte eram quase inseparáveis. Por exemplo, a figura de um homem sentado também era a representação hieroglífica para "homem". Muitas vezes, a escrita hieroglífica em uma escultura ou pintura identificava as figuras ou explicava o que estava acontecendo. Alguns hieróglifos eram orações e louvores aos deuses.

Poses e gestos

Os antigos artistas egípcios usavam poses e gestos como abreviação para explicar o que uma figura estava fazendo. Ambas as mãos estendidas para a frente e levantadas mostravam uma figura rezando. Um braço esticado para a frente com a palma aberta: estava chamando alguém. Inclinada em um joelho com um braço levantado e o outro pressionado contra o peito com o punho fechado era louvar os deuses.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível