Saúde

O teste PSA e o câncer de próstata

Escrito por ts jordan | Traduzido por fabiana silva

O risco de desenvolver câncer de próstata aumenta com a idade. Segundo a American Cancer Society (sociedade norte-americana de combate ao câncer), os homens devem começar a fazer exames de rotina por volta dos 50 anos de idade. Os estágios iniciais da doença apresentam uma série de sintomas, incluindo fluxo de urina reduzido ou alterado, dor durante a ejaculação ou ao urinar e incontinência urinária parcial. Se você tem alguma suspeita ou simplesmente está realizando exames de rotina, o teste de PSA é o exame que pode ajudá-lo a descobrir a presença de câncer na próstata.

Outras pessoas estão lendo

Procedimento PSA

Entenda os conceitos básicos por trás do teste de PSA para decidir se ele é uma ferramenta de triagem adequada para seu objetivo específico. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), esse é um exame de sangue realizado para determinar o nível de PSA (antígeno específico da próstata) no corpo. Esse antígeno é uma substância que ocorre naturalmente e que é secretada pela glândula da próstata em quantidades variáveis. O teste normalmente não é o único realizado para o diagnóstico mas, muitas vezes, é associado a um exame digital do reto para determinar se há anormalidades na estrutura da próstata.

Resultados do PSA

De acordo com o INCA, sabe-se que não há nenhum intervalo genérico de PSA que necessariamente indique a presença de câncer com confiabilidade. Isso porque o teste é realizado coletando uma amostra instantânea do nível de PSA do corpo, em qualquer período no tempo. Assim, uma leitura única maior do que o nível normal pode ser causada por várias oscilações naturais na química do organismo e não pelo desenvolvimento do câncer de próstata. Considerando isso, a opinião que prevalece atualmente, segundo o INCA, é que níveis elevados de PSA são meramente um motivo para que se realize uma investigação mais detalhada com exames adicionais, em vez de determinar a presença da doença. Esses testes adicionais podem variar desde uma biópsia até algo tão simples como o aumento na frequência de realização dos testes PSA, a fim de continuar observando outras anormalidades.

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media