Como transmitir energia elétrica sem fio

Escrito por jerry garner | Traduzido por marina mendes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como transmitir energia elétrica sem fio
Corrente elétrica sem fio

Somos sortudos por vivermos em um mundo parcialmente sem fios. Graças ao telefones sem fio podemos efetuar chamadas em qualquer lugar do mundo sem ficarmos amarrados à parede. As redes wireless em computadores permitem que nos conectemos uns aos outros de forma que poucas pessoas teriam imaginado em décadas anteriores. Até mesmo a capacidade de controlar a televisão e outros dispositivos não requer fios. A única coisa que falta é a capacidade de transferir energia para nossos dispositivos sem conexão a cabo. Esse é um desafio com a qual muitos devem ter lidado no século passado, e a solução mais próxima é usar um "transformador ressonante", mais conhecido como "bobina de Tesla" por seu inventor, Nikola Tesla. A bobina de Tesla pode transmitir energia elétrica para lâmpadas e outros itens sem precisar de fios.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Bobina de Tesla
  • Fonte de energia
  • Lâmpada

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Pesquise sobre o trabalho de Nikola Tesla, principalmente sobre seus experimentos com energia elétrica sem fio, pois foi para este propósito que Tesla inventou a bobina, prevendo-a como um sistema fornecedor de eletricidade por todo o mundo sem a necessidade de rede elétrica a fios. Por isso, qualquer um que tiver interesse na área deve ler “The Transmission of Electric Energy Without Wires” de Nikola Tesla.

  2. 2

    Veja a quantidade de energia elétrica que você precisa gerar. Quanto mais energia for necessária, maior terá que ser a bobina de Tesla. Em projetos pequenos como apresentações para discussão ou feira de ciências, a micro-bobina de Tesla é suficiente para gerar descargas de 75 KV. Acender uma lâmpada requer só um pouco de energia, mas se você quiser operar uma máquina, precisará fazer uma bobina bem grande. Lembre-se de que essas bobinas operam em alta voltagem e frequência, por isso podem causar ferimentos graves e até morte se não conectadas corretamente.

  3. 3

    Encontre esquemas para a bobina que satisfaçam as suas necessidades. Normalmente, você tem duas opções de esquema. Pode adquirir um por conta própria (procurando em entulhos de eletrônicos) ou comprar um kit com o esquema e todos os outros componentes para a bobina de Tesla. Se for a primeira vez que o faz, recomenda-se comprar o kit. Assim, você pode se familiarizar com um processo seguro de trabalho usando altas voltagens antes de construir a sua própria bobina de Tesla. Veja na seção "Resources" alguns endereços úteis para a compra de esquemas e kits.

  4. 4

    Ligue a bobina a uma fonte de energia. Se estiver usando uma com a abertura de faísca padrão ouvirá um barulho quando houver descarga elétrica. Essa é uma interferência comum de frequência de rádio e faz parte do sistema de segurança da abertura. Além disso, não se preocupe com os raios que aparecem na bobina. Enquanto a bobina opere em menos de 250.000 volts, os raios são inofensivos à pele, apesar da leve sensação de choque sentida com raios maiores.

  5. 5

    Coloque uma lâmpada no campo de alcance da bobina (o campo varia de acordo com a saída da voltagem) e a eletricidade será transmitida para a lâmpada sem a necessidade de fios.

Dicas & Advertências

  • Não se preocupe com o chiado que a bobina de Tesla faz, é perfeitamente normal. Se lhe distrair muito, use uma bobina em um tubo de vácuo, em vez da bobina de faísca padrão.
  • Não use a bobina de Tesla aleatoriamente. As bobinas requerem alta voltagem, e os modelos maiores podem produzir uma carga capaz de matar um ser humano.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível