Tratamento natural para cistite intersticial

Escrito por brad mchargue | Traduzido por débora cussiol
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento natural para cistite intersticial
Dor e desconforto na bexiga são sintomas da cistite intersticial (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A cistite intersticial, também conhecida como síndrome da bexiga dolorosa, é uma condição crônica da bexiga que afeta cerca de um milhão de americanos a qualquer época. Apesar de não existirem causas conhecidas, ela ocorre quando a comunicação entre a bexiga e o cérebro fica confusa, resultando na necessidade de urinar frequentemente acompanhada de dor e desconforto na bexiga e na área pélvica. O tratamento é focado na amenização da dor, embora existam estilos de vida e tratamentos naturais que podem ser utilizados para aliviar a dor associada com a doença.

Outras pessoas estão lendo

Possíveis causas

Não há causa conhecida da cistite intersticial, embora existam várias teorias. Apesar de os sintomas poderem assemelhar-se aos de uma infecção de bexiga comum, a doença não parece ser trabalho de uma bactéria. Desta forma, as teorias relativas a um agente infeccioso têm sido propostas. Outras possibilidades incluem alergias e doenças autoimunes, enquanto outros postulam que o termo pode ser genérico, referindo-se, na verdade, a diversas doenças.

A quercetina

Existem vários suplementos que foram submetidos a uma série de estudos para avaliar a sua eficácia no tratamento de cistite intersticial, embora a maioria tenha permanecido inconclusiva ou ofereça pouca ou nenhuma evidência de sua eficácia.

Um desses suplementos é a quercetina bioflavanoide, uma substância que aparece naturalmente em plantas e é encontrada em alimentos e bebidas como cebola, uva, vinhos tintos e chás pretos. Rica em antioxidantes, parecia ser um método eficaz de tratamento para a cistite intersticial. Um ensaio apresentado na Associação Americana de Urologia em 2001 estudou o efeito da quercetina sobre a doença e concluiu que este é um método eficaz para aliviar os sintomas. Porém, esse estudo não foi apresentado como um artigo concluído, portanto seus resultados são questionados. Embora a quercetina tenha sido avaliada como um suplemento seguro, seu potencial para causar câncer e leucemia infantil, quando usada por mulheres grávidas, tem sido estudado, embora não se tenha nenhuma evidência conclusiva para essas possibilidades.

Outros suplementos naturais

A arginina, um aminoácido cujo papel é produzir óxido nítrico, que relaxa os músculos da bexiga, foi considerado um método de tratamento potencialmente eficaz contra a cistite intersticial. Um estudo encontrado no Diário da Urologia dos EUA, no entanto, mostrou que não há benefícios no uso de suplementos de arginina no tratamento de cistite intersticial.

Outro tratamento possível, porém não corroborado, é encontrado em glicosaminoglicanos, uma substância natural de proteção. De acordo com um artigo encontrado na edição de 1996 do "Urology" (Urologia), evidências sugerem que uma deficiência de glicosaminoglicanos na superfície da bexiga das pessoas com cistite intersticial pode conduzir à inflamação, e, como tal, um suplemento pode ajudar.

Tratamentos relacionados ao estilo de vida

Tratamentos caseiros e ligados ao estilo de vida são limitados e se concentram na eliminação de fatores que podem agravar os sintomas. Estes incluem reduzir ou eliminar a ingestão de alimentos e bebidas que irritam a bexiga, parar de fumar, reduzir o estresse e treinar a bexiga. Este último consiste em determinar os momentos de urinar e aumentar gradualmente o período entre cada vez.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível