Como tratar parasitas em ciclídeos africanos

Escrito por erin ringwald | Traduzido por nicolas sales
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como tratar parasitas em ciclídeos africanos
As sanguessugas podem fazer com que seus peixes fiquem doentes (Michael Blann/Photodisc/Getty Images)

Ciclídeos africanos podem ficar doentes assim como qualquer outro animal. Eles podem sofrer com infecções bacterianas ou fúngicas ou de parasitas. Os parasitas comuns incluem sanguessugas, vermes âncora e piolhos. Assim como um parasita pode fazer qualquer outro ser vivo desconfortável, eles podem fazer seus ciclídeos ficarem desconfortáveis também. Eles podem até matar seu peixe se não forem tratados. Você deve tomar um tempo para assegurar que seu peixe não fique infectado, e tratá-los imediatamente se ficarem.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Tratamentos contra parasitas comerciais
  • Tanque separado
  • Pinça

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Observe seu peixe e procure por sinais de doenças. Preste atenção em problemas respiratórios, diminuição no apetite, mucus cobrindo o corpo, manchas, lentidão, vermes visíveis, ou seu peixe se coçando nas pedras, plantas ou cascalhos.

  2. 2

    Use um tratamento de parasita comercial baseado no tipo de parasita que infectou seu tanque.

  3. 3

    Procure por sinais de "doença". Procure por manchas brancas em seu peixe, ou se ele estiver se coçando nos objetos. Não o ponha em quarentena. Use uma formalina e verde malaquita baseado no medicamento. Siga as instruções do rótulo para saber a posologia. Continue dosando seu peixe depois que os sintomas acabarem por mais quatro doses. Evite mudanças de temperatura que podem causar irritação.

  4. 4

    Cuidado com sinais de hidropsia. Procure por escamas vermelhas e inchaço que causa um efeito de pinha. Remova o peixe infectado do tanque principal e mova-o para um separado. Coloque 0,6 ml de sais Epsom a cada 18 l de água. Repita este tratamento diariamente até que os sintomas melhorem.

  5. 5

    Procure por parasitas externos visíveis, como vermes âncora e sanguessugas. Remova estes parasitas dos peixes usando uma pinça. Use um cotonete molhado com mercurocromo para tratar o local infectado e evitar futuras infecções. Use um remédio de tratamento de cobre de acordo com as instruções no rótulo.

  6. 6

    Faça uma troca de 30 por cento da água semanalmente para prevenir doenças e parasitas. Permita que a nova água fique parada a noite inteira para que perca o cloro. Tenha certeza de que a nova água esteja na mesma temperatura que a atual para prevenir um choque no seus peixes. Use um sifão de vácuo para limpar os cascalhos ou areia no fundo do tanque. Limpe quaisquer ornamentos decorativos ou plantas no tanque.

Dicas & Advertências

  • A hidropsia também é chamada de inchaço. Os órgãos internos do peixe incham ao ponto de que a escala dele aumente. Geralmente, uma vez que seu peixe alcança este estágio é muito difícil salvá-lo, mas você pode cuidar deles com ajuda de um veterinário.
  • Cheque com sua loja de utensílios de aquário local por tratamentos específicos em peixes. Alguns peixes são sensíveis a certos ingredientes em medicamentos e devem ser tratados com distinção.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível