×
Loading ...

Como tratar síndrome de Down com terapia ocupacional

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

A terapia ocupacional é um tipo de tratamento que foca ajudar pacientes a obter habilidades básicas da vida, como aprender a comer, a se vestir ou a se sentar direito. No caso de pessoas com síndrome de Down, a terapia ocupacional pode ser usada para tratar a falta de força muscular, melhorar as habilidades motoras e tornar as crianças mais independentes. Para crianças mais novas, o terapeuta ocupacional pode focar em brincadeiras e habilidades sociais. Leia para aprender mais sobre como tratar a síndrome de Down com terapia ocupacional.

Instruções

Trate a síndrome de Down com terapia ocupacional
  1. Comece cedo. A terapia ocupacional é ainda melhor para tratar crianças com síndrome de Down se começar antes dos três anos. As habilidades motoras podem melhorar muito através da terapia, especialmente quanto a conceitos como beber sem derramar, pegar e abrir e fechar coisas.

    Loading...
  2. Escolha uma escola que ofereça terapia ocupacional. Serviços sociais e instituições do Governo devem prover terapia grátis para crianças com síndrome de Down matriculadas em escolas comuns, procurando integrá-las com os alunos. Entretanto, quando as crianças começam a frequentar a escola, elas já devem ter dominado as habilidades básicas do cotidiano, necessitando de ajuda apenas com conceitos mais difíceis, como a coordenação do corpo e da mão.

  3. Peça que o terapeuta ensine exercícios que você possa fazer com a criança entre as sessões. Isso é especialmente importante no começo, quando a criança está aprendendo as habilidades motoras mais básicas, como andar e alcançar, que precisam de prática regular e reforço para serem adequadamente aprendidas.

  4. Use objetos do dia a dia para aumentar as chances do seu filho de aprender os conceitos ensinados na terapia ocupacional. Livros infantis, copos descartáveis e blocos de montar são ótimas ferramentas para ensinar a criança a controlar suas mãos e aumentar a força e a coordenação. Você pode comprar brinquedos próprios em lojas especializadas ou simplesmente procurar por algo apropriado.

  5. Encontre um terapeuta que possa ir à sua casa. Isso é importante principalmente para crianças muito pequenas, para que o terapeuta possa se familiarizar com os arredores e ajudar a criança a se adaptar melhor às atividades do cotidiano. Conforme a criança vai ganhando confiança e evolui, levá-la ao terapeuta se tornará mais fácil.

Loading...

Dicas

  • Procure por um terapeuta ocupacional certificado, não por um assistente. O terapeuta precisa de ao menos um diploma de mestrado, apesar da maioria cursar o doutorado em algum momento da carreira.
  • O objetivo da terapia ocupacional não é fazer com que a criança realize as tarefas de forma perfeita, mas ajudá-la a se tornar independente e apta para se sustentar.
Loading ...
Loading ...