Como criar um caranguejo do manguezal dentro de casa

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Para os donos de aquário ou aqueles que querem um animal de estimação que se mantenha ocupado, o caranguejo do manguezal pode ser uma opção interessante. Embora o ermitão seja um animal de estimação mais popular entre os crustáceos, o caranguejo do manguezal, ou Scylla serrata, não deve ser menosprezado. Ele pode não ser fofinho, mas proporciona horas de diversão a seu dono, que poderá vê-lo cavar na areia, alimentar-se de vertebrados pequenos ou relaxar sob o sol. No entanto, compreender as necessidades básicas desse animal é vital para garantir que ele tenha uma vida longa e saudável.

Como criar um caranguejo do manguezal dentro de casa

Step 1

Jeffrey Hamilton/Lifesize/Getty Images

Coloque o aquário sobre um balcão ou uma mesa que esteja ao alcance de uma tomada. Adicione uma camada de 5 cm a 7,5 cm de cascalho ou areia ao fundo do aquário e encha-o com a água salgada. A mistura ideal de água e sal para os caranguejos do manguezal é de 10 a 20 gramas por litro, de acordo com um artigo do site Pinoy Entrepreneur intitulado A criação de caranguejos do manguezal.

Step 2

Thomas Northcut/Lifesize/Getty Images

Conecte o sistema de filtração e a bomba de oxigênio ao aquário. Em seguida, despeje a água pelo sistema de filtração, se ele não estiver submerso, e ligue-o. Verifique se o equipamento está funcionando bem. Se quiser, decore o aquário com pedras ou outras decorações.

Step 3

Jeffrey Hamilton/Lifesize/Getty Images

Aloje os caranguejos. Mantenha a temperatura do aquário entre 3ºC e 45ºC, conforme sugere o site Smithsonian Marine Station.

Step 4

Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images

Alimente os caranguejos com alimentos encontrados em lojas de animais, tais como comida para crustáceos, flocos de camarão ou ração para peixes de fundo.

Step 5

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Observe seus caranguejos do manguezal e fique atento à saúde deles. Preste atenção aos animais quando eles trocarem seu exoesqueleto, o que os deixará pálidos e descoloridos enquanto eles se adaptarem à sua nova carapaça, como explica o site Bangladesh Fisheries Information.

×